Primeira Página

Palace Hotel de Midões permite experiências únicas numa região cheia de histórias (e locais de cortar a respiração!)

António Alves | 3 meses atrás em 19-01-2024

No centro da vila de Midões, concelho de Tábua, abriu no dia 16 de dezembro o Palace Hotel de Midões. A unidade hoteleira da família Tavares Pereira alia o melhor de três mundos: o charme da decoração, atendimento personalizado e experiências únicas numa região cheia de histórias e locais de cortar a respiração.

PUBLICIDADE

A história deste edifício remonta ao início do século XX. Conhecido como a antiga Casa da Obra ou Palácio Valverde, o palacete situado na antiga sede de concelho de Midões acolheu uma família “que ajudava muito as pessoas na altura aqui da zona”. A renovação feita em 1907 levou a que passasse a ser o único edifício da zona com uma banheira na casa de banho.

Com a morte dos residentes, e consequente abandono, o palácio foi-se deteriorando, tendo o empresário Fernando Tavares Pereira decidido adquirir o edifício na primeira década do século XXI. A ideia original era a construção de um museu que permitisse dar a conhecer alguns dos momentos históricos da vila. Apesar de se encontrar num estado devoluto, o edifício ainda tinha no seu interior muitos dos pertences da última família que lá morou como, por exemplo, álbuns de família.

PUBLICIDADE

publicidade

Antes de avançar com o projeto do museu, uma parte do edifício acolheu, por empréstimo do novo proprietário, a estação local dos CTT. Assim que o posto mudou para a nova sede da Junta de Freguesia, o edifício passou a servir de armazém das futuras peças que iriam ser usadas no museu.

Até que, a 15 de outubro de 2017, um incêndio florestal queimou todo o espólio ali guardado bem como o interior do edifício. “Ficaram apenas as paredes”, afirmou ao Notícias de Coimbra Nuno Pereira.

PUBLICIDADE

Perante esta tragédia, a família decidiu avançar com o atual projeto de construção de uma unidade hoteleira de qualidade. A pandemia covid-19 e o atraso nas obras levaram a que só, no passado dia 16 de dezembro de 2023, o Palace Hotel de Midões abrisse portas.

Durante este período, o projeto foi sofrendo “aqui e ali” algumas alterações. A instalação de banheiras fora das casas de banho nalguns dos quartos permite disponibilizar aos clientes uma experiência única na região.

A decoração dos vários espaços, recorrendo a imagens antigas do edifício e de alguns dos pontos turísticos da região, é outro dos atrativos da mais recente unidade hoteleira que se enquadra na categoria de “hotel de charme”.

Carregue na galeria e conheça o Palace Hotel de Midões

Apesar da abertura de portas ter acontecido no final de 2023, o administrador de 44 anos referiu que, até março, a unidade estará a funcionar em modo “soft opening”. Nos primeiros dias, foi apenas possível dormir no Palace Hotel de Midões, mas na altura do Natal e Ano Novo, os clientes passaram a tomar o pequeno almoço na salas de refeições do piso 0, bem como abriu recentemente o bar.

Em fevereiro, começarão a ser servidas refeições no restaurante. Um serviço que estará disponível para quem se encontra alojado na unidade hoteleira e só por marcação para aqueles que ali pretenderem apenas tomar uma refeição.

Na ementa, irão constar pratos típicos da região como o borrego, cabrito ou arroz de suã, mas também “comida europeia”. “De tempos a tempos iremos convidar alguns chefs para aqui fazerem uns pratos mais modernos usando alguns destes produtos locais”, afirmou.

O mês de março é apontado pelos responsáveis como sendo o período em que o Palace Hotel de Midões passará a funcionar todos os dias. Ao todo, são 14 quartos, um deles para cidadãos com mobilidade reduzida. É ainda disponibilizada a suíte “Senhor de Tábua” que está preparada para receber uma família até 4 elementos.

Carregue na galeria e conheça alguns dos quartos do Palace Hotel de Midões

No 1.º piso, foram criados os quartos disponíveis com duas camas individuais ou uma cama de casal para todos aqueles que pretendem usufruir do conforto da unidade. Já no 2º piso todos dispõem de “kitchenette” que permitem aos utilizadores trazer/preparar pequenas refeições à base de produtos que poderão ser adquiridos no comércio local situado em frente ao hotel.

Nesse mesmo piso superior, estão os “futuros” 4 quartos temáticos que terão nomes de personalidades ligadas à freguesia. “Tratam-se de quartos com banheira de hidromassagem e que podem ser aproveitados para assinalar datas festivas de um casal, por exemplo”, referiu Nuno Pereira.

De acordo com o administrador, são quartos únicos na região e que pretendem oferecer aos seus utilizadores “o charme e qualidade que lhes permita passar um ou dois dias diferentes”. A decoração foi escolhida com o objetivo de “fazer sentir às pessoas como se estivessem na sua casa, em família”. “Aliás, os clientes têm-nos transmitido isso mesmo, parece que estão em casa, nem parece que estão num hotel”, disse o responsável.

Até ao Verão, o administrador espera já ter em funcionamento no Palace Hotel de Midões uma piscina onde os clientes terão oportunidade de usufruir da boa exposição solar daquela zona e, ao mesmo tempo, “tomar uma bebida servida pelo nosso bar”.

Nas imediações da piscina já se encontra preparado um espaço para o futuro parque infantil, bem como ficará disponível aos interessados o salão de eventos.

Um espaço com capacidade para acolher até 60 pessoas e que pode ser alargado para o exterior nos períodos em que o tempo estiver mais quente. Um dos objetivos da unidade passa, também, por proporcionar experiências aos visitantes.

Carregue na galeria e veja mais alguns pormenores da unidade hoteleira

Neste momento, a unidade já dispõe de várias bicicletas, todas elas elétricas, para que possam desfrutar de alguns dos trilhos existentes na zona. “Pretendemos que a presença no nosso hotel seja, também ela, uma experiência, de forma a que sintam vontade de regressar”, disse Nuno Pereira.

O Trilho dos Gaios, recentemente requalificado, é um dos locais mais requisitados para a realização de caminhadas e passeios com as bicicletas. Mas as propostas passam, também, pelas pontes romanas, a Bobadela, o Penedo Cabana, a Casa-Museu João Brandão, as Cascatas de Sevilha, os palheiros de Fiais da Beira ou o Açude da Ribeira.

Importantes neste projeto serão também algumas das empresas da família na área agrícola. As quintas que produzem vinho da Região Demarcada do Dão e diversas frutas vão servir para divulgar o enoturismo, principalmente através de experiências como a vindima ou assistir a toda a produção de vinho, bem como na apanha da fruta na época da colheita.

Junto do Palace Hotel de Midões existem plantações de pereiras e macieiras. Uma das hipóteses é a realização de jantares temáticos nos pomares dessas árvores. “Temos ainda outras plantações como sejam pessegueiros, framboesas, mirtilos, cerejeiras e romãzeiras”, revelou.

Sendo Midões um dos locais inseridos na área geográfica de produção de Queijo da Serra da Estrela, está prevista a realização de visitas a queijarias da região de forma a que “os nossos clientes possam ter contacto com as ovelhas da raça Bordaleira da Serra da Estrela ou Churra Mondegueira, retirar-lhes o leite e depois ajudar a fazer queijo e requeijão”.

Todas estas propostas vão estar disponíveis a partir de março e sempre ao fim de semana. “A ideia é fazer coisas pequenas, mas de maneira a que as pessoas venham e saiam satisfeitas, bem como tenhamos também tempo para as receber como se estivessem na sua própria casa”, afirmou o administrador.

Para além do Palace Hotel de Midões, o universo familiar de Fernando Tavares Pereira tem mais quatro unidades hoteleiras: “Quinta dos Cedros” em Celorico da Beira; “Apartamentos Mirante da Rocha” na Praia da Rocha (Portimão); “Albergaria Sra. do Espinheiro Hotel” em Seia e “Hotel Santa Catarina” em Portimão.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE