Conecte-se connosco

Pub

Os seus eletrodomésticos não funcionam? Não os deite fora, arranje-os

Publicado

em

A máquina de lavar roupa já não lava ou lava mal e com muito barulho. O frigorífico também é um problema. O micro-ondas está avariado e a máquina de lavar louça não funciona corretamente. Identifica-se neste cenário?

Problemas como estes são comuns e todos nos questionamos: afinal, vou à loja de eletrodomésticos comprar um novo produto ou vou procurar assistência técnica e tentar consertar o meu aparelho?

Os benefícios de reparar um objeto em vez de o deitar fora são muitos. Evita-se que sejam produzidos novos produtos e que sejam gastas mais matérias-primas, água e energia necessárias para os produzir.

Em alguns casos, basta que partir um pequeno pedaço para querer deitar fora todo o eletrodoméstico, acumulando toneladas de lixo em aterros em todo o mundo e causando sérios problemas para o ambiente. De acordo com os dados do relatório Global E-waste Monitor 2017 das Nações Unidas, foram eliminadas 44,7 milhões de toneladas de resíduos tecnológicos.

A ideia de “comprar e descartar” é impulsionada por marketing hábil, lançamentos constantes de todo o tipo de dispositivos “mais modernos”, o desejo de consumo e a famosa frase “sai mais barato comprar um novo do que corrigir isto”…

Os nossos avós, por exemplo, eram peritos em arranjar todo o tipo de coisas. Em parte porque a produção em massa não se expandiu para a magnitude atual, mas também porque não tinham a mentalidade de “consumir e consumir”, mas sim “conservar, salvar e cuidar”.

Arranjar significa a oportunidade de dar a um produto uma segunda vida. O conserto não é anticonsumo: é contra o desperdício.

Ao corrigir o que está partido, não só prolonga a sua vida útil, como também aprende mais sobre como funciona e pode ter mais cuidado ao usá-lo novamente.

Além disso, se o consumidor souber cuidar do que está a comprar, pode até duplicar a vida útil de um aparelho. A manutenção é importante. Os novos produtos, dependendo dos cuidados, têm uma boa durabilidade. O recomendado, com todos os aparelhos, é fazer uma manutenção anual. E é muito importante. Se isto for feito, a durabilidade praticamente duplica.

A duração dos aparelhos, para além de depender do fabrico e dos materiais do produto, é o resultado de uma manutenção adequada. O utilizador deve estar atento aos sinais. Deve cuidar dos dispositivos e evitar sobrecarregá-los o máximo possível para que a sua vida útil seja mais longa.

Sabendo isto, não pense duas vezes antes de reparar o aparelho. Conte com a ReparaçãoSegura sempre que qualquer aparelho ou aparelho falhar ou tiver problemas. A empresa conta com uma equipa certificada que trabalha com peças originais e, além disso, está disponível em todo o país!

A forma de reduzir o impacto ecológico negativo que provoca deitar fora sem tentar não é outra coisa senão a educação: a consciência dos danos que causa ao planeta e à nossa economia interna.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com