Coimbra

Os senhores do Arroz… e da Lampreia!

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 13-03-2015

O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, e o presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, João Ataíde, inauguraram  hoje, 13 de março,  o Festival do Arroz e da Lampreia | Sabores do Campo e do Rio, em Montemor-o-Velho.

PUBLICIDADE

IMG_0053

O autarca de Montemor-o-Velho fez questão de apresentar o melhor que o evento tem para oferecer, aproveitando para, num registo informal e de proximidade, apresentar as especialidades locais aos convidados, onde se destacavam os colegas da Figueira da Foz, Soure e Penela, aos vereadores locais, o Presidente da Assembleia Municipal, e  Veiga Simão, Vice-Presidente da CCDRC.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A partir de hoje e até 22 de março, Montemor-o-Velho volta a juntar à mesma mesa o único e genuíno arroz carolino do Baixo Mondego e a intensa lampreia pescada no rio Mondego, que continuam a ser os embaixadores de excelência da renovada edição do Festival do Arroz e da Lampreia.

PUBLICIDADE

A edição do Festival de 2015 volta assim a apostar na promoção de produtos autênticos, genuínos e enraizados na cultura de Montemor, apelando aos sentidos de quem visita o certame e reforçando o enfoque na qualidade.

Mantendo como princípio estratégico a divulgação do património cultural local, a  Câmara Municipal de Montemor-o-Velho expandiu o festival com o aprofundamento e maior oferta dos serviços disponíveis devidamente direcionados a vários segmentos de público, nomeadamente os de fruição familiar e noturna.

Além do espaço infantil (Morlândia) e de uma zona exclusiva de bares, o público terá ao ser dispor uma mostra de artesanato do concelho, bem como postos de venda do arroz carolino produzido no Baixo Mondego emum fresco mercadinho de hortícolas.

Pela primeira vez, os pagamentos nas tasquinhas vão poder ser efetuados por multibanco, numa parceria com a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Baixo Mondego, dando assim resposta a uma solicitação há muito reivindicada.

Também com a intenção de reforçar, promover uma multiplicidade de experiências e intensificar um sentido de partilha, os visitantes vão poder usufruir de rede Wi-Fi na tenda do festival.

Para imprimir maior dinâmica à premissa de “Valorizar o que é nosso” e de potenciar a economia local, foi lançado o desafio aos restaurantes concelhios para se associarem aos valores do Festival. Assim, os aderentes  estão a participar no Festival de forma mais alargada, transformando o mês de março no mês do Arroz e da Lampreia em Montemor-o-Velho.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE