Conecte-se connosco

Saúde

Ordem dos Médicos Dentistas realiza em Coimbra primeira cerimónia de Compromisso de Honra

Publicado

em

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) realiza, hoje, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, a primeira cerimónia de Compromisso de Honra, que assinala a entrada dos jovens médicos dentistas na profissão.

É uma iniciativa que a OMD quer revestir de uma forte carga simbólica para quem entra na profissão, e que visa incutir a responsabilidade do que verdadeiramente significa ser médico dentista.

O Compromisso de Honra que 57 recém-graduados vão realizar este sábado, 23 de abril, em Coimbra, tem a sua génese no Juramento Hipocrático, escrito há mais de 2.500 anos na Grécia Antiga. Este juramento é um dos documentos que integra o Corpus Hippocraticum, o primeiro compromisso escrito e a mais antiga profissão de fé.

Miguel Pavão, bastonário da OMD, sublinha que “não é a profissão que dignifica o médico dentista, é o médico dentista que pode e deve dignificar a profissão. Não são os hospitais, as clínicas, a tecnologia, ou os equipamentos que nos fazem médicos dentistas de referência, é a nossa vocação e dedicação ao doente e o empenho pela formação contínua e a capacidade de manter um espírito solidário entre colegas e na comunidade que nos torna melhores médicos dentistas”.

Para Maria João Ponces, vogal do Conselho Diretivo da OMD, “somos, hoje, os herdeiros do legado iniciado por Hipócrates, que afastou a medicina das crenças mágicas e perfilou o conhecimento médico com uma base científica. Este Compromisso de Honra representa um pacto com a verdade, o rigor, a autonomia, o sentido do dever e a ética profissional. É uma declaração de desejo de servir os doentes, respeitando a ciência e ponderando o seu poder através da prática do altruísmo, no respeito inalienável pela vida humana em todas as suas dimensões, não sendo compatível com radicalismos preconceituosos ou de reserva moral. Ao longo da vida profissional, importa a sua defesa e reserva porque nele reside o prestígio e a dignificação da profissão”.

O orador convidado para a cerimónia deste sábado é o jurista André Dias Pereira, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, vice-presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida e presidente da direção do Centro de Direito Biomédico.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link