Coimbra

Oliveira do Hospital dá testemunho de Práticas Inclusivas de Excelência

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 14-04-2016

Oliveira do Hospital foi um dos municípios convidados para a apresentação de práticas inclusivas de excelência no âmbito da entrega do Prémio “Praia + Acessível 2015”, que decorreu esta terça-feira, 12 de abril, no auditório do Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

PUBLICIDADE

b

A cerimónia contou com a presença das Secretárias de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência e do Turismo.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A par das câmaras do Funchal, de Cascais, e das Águas do Porto, E.M., o Município de Oliveira do Hospital (MOH) foi um dos oradores convidados para apresentar exemplos de boas práticas desenvolvidas em zonas balneares com o galardão “Praia Acessível – Praia para Todos!”.

PUBLICIDADE

Aos presentes, os técnicos da autarquia tiveram oportunidade de apresentar a iniciativa “Oficina Criativa de Expressão Sonora”, uma atividade artística para pessoas com deficiência sensorial e intelectual realizada em parceria com a ARCIAL – Associação para Recuperação de Crianças Inadaptadas de Oliveira do Hospital, instituição que se fez representar através de um grupo de utentes que tem participado nesta atividade.

O MOH tem vindo a desenvolver diversas atividades dirigidas aos utentes das instituições que acolhem pessoas com deficiência, desde ações de caráter desportivo, pedagógico a ações de sensibilização ambiental, oficinas artísticas, entre outras sendo que a mais recente consistiu numa performance de escuta criativa, através de gravações sonoras de campo, com guitarra elétrica manipulada, e numa produção sonora. Após esta primeira parte que decorreu no início deste ano na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital seguir-se-á o segundo momento desta oficina criativa, numa vertente mais prática e dinâmica, a realizar durante a próxima época balnear numa das zonas balneares com galardão praia acessível (Praia Fluvial de Avô e/ou Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas).

Nesta sessão de apresentação de práticas inclusivas de excelência, foi sublinhado o facto do MOH se caraterizar pelo turismo de experiências/sensorial do qual faz parte um projeto de animação/inclusão de que é exemplo esta “Oficina Criativa de Expressão Sonora”. Após uma breve descrição do projeto foi apresentado um pequeno vídeo ilustrativo da mesma, havendo ainda lugar a uma pequena demonstração ao vivo com alguns utentes da ARCIAL, e que se traduziu num genuíno momento de inclusão perante a plateia presente.

Em declarações, o vereador dos pelouros da Ação Social e do Ambiente, José Francisco Rolo, referiu que as “práticas de inclusão social através da arte, do desporto, da criatividade, a opção do princípio ‘Desporto para Todos’, a defesa do ambiente e a aplicação das regras de sustentabilidade ambiental associada à participação cívica, são sinais de progresso e marcas de modernidade de um concelho inclusivo, onde todos têm lugar. Estas práticas acontecem porque há uma cultura forte de rede, partilha e cooperação entre o município e as várias instituições”.

O MOH tem desenvolvido ativamente esforços no sentido da valorização das praias fluviais do concelho, desde a qualificação das suas infraestruturas à preservação dos espaços, criando as condições necessárias para que todas as pessoas, sem exceção, possam usufruir da autenticidade das nossas praias. Um trabalho que tem sido reconhecido por parte de diversas entidades externas e que tem proporcionado a Oliveira do Hospital diferentes nomeações e galardões, ombreando a nível nacional com outras congéneres, pelas boas práticas desenvolvidas no território.

A presença nesta sessão vem, por isso, dar continuidade ao percurso afirmativo de reconhecimento por parte de entidades independentes a Oliveira do Hospital, um município que aposta igualmente no trabalho em redes participativas, tendo integrado várias redes de desenvolvimento do território.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE