Conecte-se connosco

Região

Oliveira do Hospital com obras de rede de água e saneamento de 2 milhões de euros

Publicado

em

O município de Oliveira do Hospital acolheu, no dia 1 de julho, a apresentação das obras de ampliação de redes de águas e saneamento em diversas localidades do concelho e que integram o “Ciclo Urbano da Água (CUA) – Operações Promovidas por entidades Gestoras Agregadas – Eixo Prioritário – Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos” promovido pelas Águas Públicas da Serra da Estrela (ApdSE). No âmbito destas operações, a APdSE vai realizar obras de cerca de cinco milhões de euros nos concelhos de Gouveia, Seia e Oliveira do Hospital.

No concelho de Oliveira do Hospital vão ser concretizadas nove intervenções, num investimento de dois milhões de euros, e que vão beneficiar as populações no que respeita ao abastecimento de água e rede de saneamento. Simbolicamente, nesta sessão que teve lugar no salão nobre dos Paços do Município, foi assinado o auto de consignação de uma das nove obras que vão iniciar no concelho, a Rede de saneamento e Rede de Abastecimento de Água de Malhadoura (Lajeosa).

As nove intervenções que vão beneficiar a população do concelho são as seguintes: Rede de saneamento e Rede de Abastecimento de Água de Malhadoura (Lajeosa); Rede de saneamento na rua dos Forninhos e Barroca Alta (Lagares da Beira); Abastecimento de água à Adarnela (Lagares da Beira/ Travanca de Lagos); Extensão da rede de água na Rua do Valagão (Penalva de Alva); Rede de saneamento de águas residuais, EEAR e remodelação da rede de abastecimento de água na Quinta da Abrunheira (Nogueira do Cravo); Execução da Rede de saneamento no Bairro da Mata (Nogueira do Cravo); Subsistema de águas residuais e Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Rio de Mel; Execução de rede de saneamento no Soitinho, Rua da Lameira e Rua da Fonte (Chamusca da Beira); Subsistema de Águas Residuais e ETAR da Felgueira Velha. Acrescenta-se ainda a remodelação e instalação da adutora e tratamento de água de abastecimento de Avelar.

São objetivos estratégicos desta operação, entre outros, a melhoria da qualidade do serviço de saneamento de águas residuais e da capacidade de tratamento do serviço de saneamento de águas residuais, garantindo soluções adequadas que acautelem a sustentabilidade económico-financeira e a proteção do ambiente. Pretende-se dotar a área de influência de infraestruturas por forma a otimizar a capacidade instalada e proceder à melhoria dos sistemas do ciclo urbano da água, designadamente de saneamento de águas residuais.

Na cerimónia, onde marcaram presença presidentes de junta e residentes nos locais onde decorrerão este conjunto de obras, o presidente do município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, deu conta que esta era uma sessão para dar a conhecer às pessoas as obras adjudicadas que ascendem a dois milhões de euros que vão somar aos seis milhões de investimento realizado pela autarquia até ao ano passado.

São assim oito milhões de euros de investimento na rede de água e saneamento desde que José Carlos Alexandrino assumiu os destinos da Câmara Municipal e que têm, sucessivamente, vindo a resolver os problemas das populações nesta área. Uma opção muitas vezes por investimentos descentralizados, em pequenos lugares “para dar também condições a essas pessoas porque também têm direito, como as outras, no acesso a água de qualidade”, conseguindo-se obter financiamento a 85%.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital deu ainda conta dos números de cobertura no concelho. No abastecimento de água, que cumpre as metas da segurança em 99,67%, a acessibilidade à população é de 94% com uma rede de 433 quilómetros. Já no saneamento, existem 238 quilómetros de rede que garantem uma acessibilidade através da rede fixa de 87%.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link