Conecte-se connosco

Oliveira do Hospital com 64 quilómetros de percursos pedestres afetados pelos incêndios

Publicado

em

A Câmara de Oliveira do Hospital registou 64 quilómetros de percursos pedestres afetados pelo incêndio de 15 de outubro e apelou a uma ativação rápida da Grande Rota do Alva para ajudar à recuperação do turismo.

avõ

Durante uma sessão com empresários do setor e responsáveis do Turismo Centro de Portugal, o vice-presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, sublinhou que 64 quilómetros de percursos pedestres ficaram danificados, registando-se ainda um prejuízo de 0,5 milhões de euros nos operadores turísticos do concelho.

“Temos que ativar a Grande Rota do Alva”, defendeu o autarca, recordando que grande parte desta zona ribeirinha não ardeu, sendo este curso uma possibilidade no setor do turismo da natureza.

O projeto foi apresentado este ano e sete municípios assumiram o compromisso de avançar com a rota, sendo que, segundo José Francisco Rolo, o avanço hoje desse projeto ganha um caráter de urgência.

Para garantir que o setor do turismo não definhe na região, o autarca sublinhou que é preciso apostar em projetos de animação e na criação de estruturas de animação.

“Oliveira do Hospital era um concelho que tinha vindo a apostar, em parceria com os operadores turísticos numa oferta direcionada para o turismo da natureza e a apostar na participação em várias redes para atrair mais visitantes. O incêndio pôs em causa a estratégia”, constatou o vice-presidente da Câmara do distrito de Coimbra.

No final da sessão, o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado, destacou as várias medidas para apoiar o setor do turismo na região atingida pelas chamas, enumerando ainda algumas iniciativas para promover o território afetado.

“Um dos problemas que se discute é se há turistas a mais. Não temos turistas a mais. Nós [a região Centro] somos a solução para os turistas a mais”, frisou o responsável, considerando que, para diversificar uma oferta nacional assente em sol e praia, a região poderá ter um papel importante, garantindo um produto associado à natureza, gastronomia e cultura “que pode ser vendido ao longo do ano”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com