Empresas

Olha o Dolce Vita fresquinho!

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 04-06-2014

De 7 a 15 de Junho o Dolce Vita Coimbra vai dar uma oportunidade única aos seus visitantes de conhecerem um pouco mais sobre a investigação que está a ser levada a cabo por cientistas portugueses no Ártico e na Antártida. Uma exposição fotográfica, a apresentação de um livro e várias palestras de divulgação científica são os principais destaques desta iniciativa.

PUBLICIDADE

No piso 0 do Centro Comercial vai estar patente uma exposição, composta por fotografias que vão “transportar” os visitantes até às regiões polares para conhecerem o azul dos icebergues, o branco da neve e a beleza rara dos animais que lá vivem. A mostra pretende sensibilizar a comunidade para o trabalho científico desenvolvido nestas regiões por equipas multidisciplinares que integram especialistas de vários países, incluindo mais de 50 cientistas originários de institutos e universidades portuguesas. Questões como o efeito das alterações climáticas nos ecossistemas polares, quanto é o degelo e os seus efeitos nas correntes oceânicas ou as modificações na camada de ozono e as suas consequências são pontos sobre os quais incide a investigação em ciência polar.

A exposição é coordenada pelo Instituto de Educação e Cidadania e teve o apoio e chancela do Instituto do Mar da Universidade de Coimbra, Ciência Viva, projeto Educação PROPOLAR, projeto profissão: cientista polar, Associação de Jovens Cientistas Polares (APECS Portugal), Educadores Polar Internacionais (PEI), Instituto de Geografia e do Ordenamento do Território e Centro de estudos geográficos da Universidade Lisboa, programa Polar Português PROPOLAR, gabinete polar da Fundação para a Ciência e Tecnologia e Comité Cientifico de Investigação Antártica (SCAR).

PUBLICIDADE

No dia 7 de Junho, pelas 18h, tem lugar a apresentação do livro “Experiência Antártica”, de José Xavier. A obra será apresentada pelo autor e por Carlos Fiolhais, professor catedrático de Física e director da Colecção Ciência Aberta da Gradiva.

O livro relata a experiência de José Xavier, cientista polar da Universidade de Coimbra e do Instituto British Antarctic Survey (Reino Unido), que passou nove meses seguidos nos gelos da Antártida, na sua 6 expedição aquela região onde primeiro a bordo de um navio científico e depois numa base de investigação. O livro partilha a aventura que é a experiência da descoberta científica na região Antárctica e a vida longe da civilização.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Nos dias 7, 8, 14 e 15 de Junho, pelas 17h, decorrerão as palestras “Porque é que os ursos polares não comem pinguins?”, com a presença dos cientistas polares José Xavier e José Seco, da Universidade de Coimbra.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE