Justiça

‘Olá pai, olá mãe’ “apanha” casal de burlões

Notícias de Coimbra | 4 semanas atrás em 21-06-2024

Um casal foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por ser suspeito dos crimes de branqueamento e burla qualificada, no âmbito da investigação da burla ‘olá pai, olá mãe’, informou hoje aquela polícia criminal.

PUBLICIDADE

Segundo um comunicado, o Departamento de Investigação Criminal (DIC) de Leiria da Polícia Judiciária (PJ) deteve um casal, de 36 e 23 anos, suspeito dos crimes de branqueamento e burla qualificada, no âmbito da burla ‘olá pai, olá mãe’.

As detenções, no concelho de Leiria, foram o culminar de “um intenso processo de investigação que decorria há cerca de 10 meses, e que agrega, à data, um total de 21 inquéritos, espalhados pelo país”.

PUBLICIDADE

De acordo com a investigação, a PJ apurou que o casal, através de contas próprias e de terceiros, recebia fundos das vítimas, imediatamente dispersados por contas em países europeus e, depois, transferidos para um país sul-americano, para contas que o casal titulava.

“Os valores angariados com as burlas e branqueados pela circulação, via contas nacionais, europeias e destinadas ao país de origem dos detidos, ascendem a largas dezenas de milhares de euros”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A Polícia Judiciária vai continuar a investigação para a completa quantificação de valores e identificação do número de cidadãos que foram vítimas do esquema criminoso.

Tendo em conta o resultado da prova recolhida, a PJ solicitou ao titular da ação penal (Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria) a emissão de mandados de detenção e a promoção de uma busca domiciliária.

No decurso da busca foi apreendido “relevante acervo de prova, bem como a apreensão de 45 munições de calibre de guerra”.

Os detidos serão presentes a tribunal para a aplicação das adequadas medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE