Conecte-se connosco

Fogo em prédio da Elísio de Moura terá provocado dois feridos ligeiros e a morte de um gato

Publicado

em

Um incêndio num sexto andar de um prédio de apartamento da avenida Elísio de Moura, na cidade de Coimbra, provocou hoje dois feridos ligeiros e obrigou à retirada de moradores do edifício, disse fonte dos bombeiros à agência Lusa.

fogo

Segundo informação prestada à agência Lusa pelo Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra, dois moradores foram assistidos no local por meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) devido a inalação de fumos e outras pessoas, em número que não soube precisar, foram retiradas do prédio por questões de segurança.

No local, em declarações a NDC, um responsável pelos bombeiros declarou que não tinha conhecimento de feridos. Adiantou que tinha morrido um gato, cujo cadáver foi depois recolhido por um funcionário do canil municipal conimbricense.

fogo 2

O incêndio localizou-se num dos apartamentos do 6º andar do 339 da Elísio de Moura e “arrancou com alguma violência”, fazendo com que o prédio “rapidamente se enchesse de fumo”.

Os bombeiros combateram o incêndio “impedindo que as chamas se propagassem a andares superiores”, o que não foi fácil numa primeira abordagem devido aos carros estacionados nas rampas de acesso, procedendo, depois, à ventilação do apartamento afetado.

O alerta foi dado às 14.52 e o fogo foi dado como extinto cerca de uma hora depois, acrescentou a mesma fonte.

No local estiveram meios das corporações de bombeiros Sapadores de Coimbra, Brasfemes e Condeixa-a-Nova, PSP e INEM, com 27 operacionais e 11 viaturas.

Notícia em desenvolvimento

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com