Universidade

Observatório da Religião no Espaço Público escreve ao Arcebispo de Barcelona

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 05-02-2015

Juan José Tamayo, um dos teólogos da linha da teologia da libertação mais populares em Espanha e na América Latina, foi, segundo o Policredos, proibido pelo Cardeal Martínez Sistach, Arcebispo de Barcelona, de proferir uma conferência numa paróquia de Barcelona sobre Ignacio Ellacuria, no vigésimo quinto aniversário da sua morte.

PUBLICIDADE

O POLICREDOS é o Observatório da Religião no Espaço Público, do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, que tomou a iniciativa de promover uma carta aberta ao Arcebispo de Barcelona repudiando a proibição e solidarizando-se com Juan José Tamayo.

PUBLICIDADE

Até à data, esta petição obteve a adesão de mais de sete centenas de subscritores (consultar anexo, pf), da América Latina, Europa, África, Ásia e América do Norte, entre eles, Frei Betto, Gianni Vattino, Ignacio Ramonet, Ivone Gebara, Leonardo Boff, Maria Pilar del Río ou Vasco Lourenço.

PUBLICIDADE

publicidade

Segundo o Observatório, “a proibição da conferência de Juan José Tamayo é interpretada como um sinal de que existem forças na Igreja Católica adversas ao Papa Francisco”.

Ignacio Ellacuría nasceu em Espanha e passou uma grande parte da sua vida em El Salvador. Professor universitário, teólogo da libertação com uma obra vastíssima e corajosa,

PUBLICIDADE

Juan José Tamayo, teólogo espanhol, tem dedicado a sua vida à teologia da libertação. É professor titular da Universidade Carlos III de Madrid, dirigindo atualmente a Cátedra de Teologia e Ciências das Religiões Ignacio Ellacuría desta mesma Universidade.

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com