Política

Óbito: Tavares Moreira deixou marca de competência e rigor em todos os cargos diz Marcelo

Notícias de Coimbra | 4 anos atrás em 09-06-2020

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte do antigo governador Banco de Portugal José Tavares Moreira, considerando que deixou uma marca de competência e rigor em todos os cargos que exerceu.

PUBLICIDADE

Numa nota divulgada ano portal da Presidência da República na Internet, o chefe de Estado envia “sentidas condolências” à família de José Tavares Moreira, que morreu hoje, aos 75 anos.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“Economista e jurista de formação, a trajetória profissional de José Tavares Moreira situou-se essencialmente no sector bancário, onde se destacou como diretor e administrador de diversas instituições, com destaque para a Caixa Geral de Depósitos”, lê-se na nota.

PUBLICIDADE

Segundo o Presidente da República, “exerceu com indiscutível mérito funções governativas no Ministério das Finanças”, como secretário de Estado, em 1980-81 e 1985-86.

Na nota, é também referido que Tavares Moreira “foi deputado à Assembleia da República, tendo sido governador do Banco de Portugal entre 1986 e 1992”.

“Em todos os cargos que exerceu, Tavares Moreira deixou a marca da sua competência e do seu rigor e, bem assim, da sua discreta afabilidade de trato, hoje recordada por todos quantos o conheceram”, considera Marcelo Rebelo de Sousa.

José Alberto Tavares Moreira era atualmente membro do Conselho Consultivo do Banco de Portugal.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE