Conecte-se connosco

Política

Líder do PSD destaca sentido de Estado do ex-Presidente Jorge Sampaio

Publicado

em

O líder do PSD, Rui Rio, destacou o sentido de Estado do ex-Presidente da República Jorge Sampaio, que hoje morreu, fazendo “um balanço excecionalmente positivo daquilo que foi a vida pública” do antigo chefe de Estado.

“Foi um Presidente da República com sentido de Estado, com sentido da responsabilidade e que geria muito bem a proximidade e a distância. Conseguia fazer muito bem esse equilíbrio”, afirmou aos jornalistas Rui Rio, em Porto de Mós, distrito de Leiria, onde participa numa ação de pré-campanha para as eleições autárquicas.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio morreu hoje aos 81 anos, disse à agência Lusa fonte da família.

O ex-chefe de Estado estava internado desde dia 27 de agosto no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, com dificuldades respiratórias.

Jorge Sampaio foi Presidente da República durante dois mandatos, entre 1996 e 2006.

O presidente do PSD salientou que, “apesar de ter havido algumas divergências”, faz “um balanço excecionalmente positivo daquilo que foi a vida pública do dr. Jorge Sampaio” que “começou ainda no tempo do Estado Novo, na luta contra a ditadura”.

“Portanto, um trajeto coerente ao longo de toda a vida e também agora, mais recentemente, no Conselho de Estado, com intervenções também muito lúcidas, apesar da debilidade física em que já se encontrava”, adiantou.

Realçando que, “quer em funções institucionais, quer pessoalmente”, só tem a dar “referências positivas” de Jorge Sampaio, o líder social-democrata lembrou que quando foi eleito pela primeira vez presidente da Câmara do Porto o antigo chefe de Estado foi das primeiras pessoas a telefonar-lhe e a felicitá-lo.

Rui Rio reconheceu que então a relação entre ambos era “quase nula”, para assinalar que depois se foi cimentando enquanto Jorge Sampaio foi chefe de Estado e Rui Rio presidente do município do Porto.

“De uma forma natural, participou em muitos eventos de grande dimensão que organizei enquanto presidente da Câmara do Porto, abriu muitas conferências que fizemos”, recordou, reiterando que “cumpriu muito bem e com muita elevação, muito sentido de Estado o cargo de Presidente da República”.

Rui Rio prestou, enquanto líder do PSD e do ponto de vista pessoal, homenagem ao antigo chefe de Estado, admitindo ainda que “o relacionamento político entre o PSD e o dr. Jorge Sampaio enquanto Presidente da República teve, naturalmente, altos e baixos”.

“Mas, do meu ponto de vista e naquilo que a mim me toca do ponto de vista pessoal, eu tive sempre uma excelente relação” com Jorge Sampaio, acrescentou, sublinhando que o ex-presidente interveio, “por diversas vezes, em matérias importantes e com sentido de Estado, com sentido de responsabilidade, sem facciosismos”.

“Portanto, guardo na minha memória, não vou dizer uma amizade, mas uma relação próxima e muito respeitosa” com Jorge Sampaio, acrescentou.

Questionado sobre se vai manter as ações de pré-campanha, Rio explicou que marca presença em Porto de Mós, onde estão pessoas à espera, mas o PSD, em função aquilo que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falar, vai reprogramar aquilo que tem definido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade