Portugal

O relato arrepiante da menina-milagre da Jornada Mundial da Juventude

Notícias de Coimbra | 3 semanas atrás em 20-05-2024

Jimena, a menina espanhola de 17 anos que era cega e voltou a ver sem problemas no dia 5 de agosto, durante uma missa em Évora de Alcobaça, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude.

PUBLICIDADE

A jovem garantiu à Agência Católica de Informação que não chegou a ser operada devido a um “milagre”.

O Correio da Manhã escreve que “os médicos e os exames feitos depois não têm explicação científica para a recuperação”.

PUBLICIDADE

O testemunho arrepiante da espanhola: “Quando comunguei e me ajoelhei no banco a rezar, fechei os olhos e senti uma paz imensa. Comecei a chorar ao sentir tanta tranquilidade, mas mantive os olhos fechados. Quando os abri, sequei as lágrimas e vi perfeitamente o altar, o sacrário e reconheci as minhas amigas”.

Há mais de dois anos, a jovem ficou com apenas 5% de visão devido a miopia.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Como não tinha conseguido recuperar com ajuda médica, decidiu fazer uma novena à Senhora das Neves. A novena, que terminaria a 5 de agosto, dia da festa da Senhora das Neves, coincidiu com a Jornada Mundial da Juventude, evento que a jovem de Madrid integrou em Portugal, com um grupo da escola da Opus Dei.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE