Conecte-se connosco

Cidade

O primeiro fim de semana de portas abertas do Convento São Francisco

Publicado

em

A autarquia de Coimbra informa-nos que “a  primeira série alargada de espetáculos nas diferentes salas do Convento São Francisco irá dar uma ideia, no próximo fim de semana, do papel deste centro cultural e de congressos na vida de Coimbra”.

000 (2)

 

O Convento São Francisco vai ter, nos dias 14, 15, 16 e 17 de abril, o ciclo “Convento de Portas Abertas”, com uma programação variada, dirigida aos diferentes públicos-alvo de Coimbra, da Região Centro e do país. Depois da representação “Dos Bichos” (pelo grupo O Bando, a partir do livro “Bichos” de Miguel Torga), o qual levou o público a descobrir, de forma original, o novo centro cultural, o Convento irá agora mostrar o tipo de espetáculos que irá apresentar naquelas que são das melhores, mais modernas e melhor equipadas salas do país.

Na sexta-feira à noite, o auditório principal irá receber o Teatro Meridional, com a peça “António e Maria”, escrita por Rui Cardoso Martins, a partir de textos de António Lobo Antunes, e interpretada por Maria Rueff. No dia seguinte será a vez de se juntarem os Mão Morta com os Remix Ensemble da Casa da Música para um concerto inédito, promovido pelo Theatro Circo de Braga e que cruza o rock com a música clássica. Coimbra é uma das cidades, juntamente com Braga, Porto e Lisboa, a acolher este espetáculo que conta com 12 temas preparados especialmente para o efeito.

Outros nomes fortes do fim de semana, e de dimensão internacional, são Josephine Foster, cantora e compositora folk norte americana que atuará no dia 16, e Olivier Ratzi, um artista francês integrado no colectivo Anti VJ que tem um trajeto de relevo nas artes visuais e cuja instalação inaugura dia 14.

O comunicado enviado a NDC refere que “é um fim de semana em que se espera muito movimento no Convento São Francisco – o primeiro de muitos, na perspetiva da Câmara Municipal de Coimbra, que espera receber públicos muito diferentes, os quais têm, agora, um espaço de convergência em Coimbra”.

Um dos principais enfoques do “Convento de Portas Abertas” é a programação infantil e para famílias, com cinema, ateliers, dança e teatro planeados especialmente para os mais novos, já neste fim de semana.

“O Livro Infantil e a Ilustração” é, de resto, a iniciativa que tem início, dia 14, em parceria com a Bruáa Editora, através da qual se pretende construir um projeto para ocupar o espaço da livraria do Convento São Francisco, produzindo e acolhendo atividades em torno do livro infantil e da ilustração. O objetivo é que, seja qual for o fim de semana, as famílias e as crianças de Coimbra, da região e de todo o país saibam que no Convento São Francisco há sempre uma programação de grande qualidade para elas.

Nestes dias de abril haverá igualmente muitos espetáculos menos convencionais, nomeadamente a forma como Oliver Ratsi irá transformar os espaços do Convento com a sua arte digital ou as Histórias Suspensas, pela companhia Radar 360, com o seu armário de “fabricar sonhos”.

Nas semanas seguinte a programação do Convento São Francisco continuará com espetáculos de áreas com grande potencial para se tornarem eventos-âncora daquele centro cultural e de congressos. Novo circo, jazz & blues, artes digitais e música electrónica e mais música contemporânea, são algumas dessas áreas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade