Economia

O preço da luz vai voltar a subir. Saiba para quando está previsto o aumento

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 2 meses atrás em 28-05-2024

A partir de 1 de junho, as tarifas de acesso às redes vão aumentar. A proposta para as novas tarifas foi apresentada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e, a ser aprovada, terá impacto na fatura de eletricidade.

PUBLICIDADE

A DECO PROteste recomenda a todos os consumidores que fiquem atentos à evolução das suas faturas de eletricidade a partir de junho. Caso se apercebam de subidas significativas, é recomendável procurar um tarifário mais vantajoso, que já reflita as novas realidades do mercado particular.

“A ERSE estima uma subida média de 35,60 euros por megawatt-hora. Num cenário de consumo de 150 kWh mensais, a tarifa de acesso pode subir 5,34 euros. Já para um consumo mensal de 300 kWh, a subida das tarifas de acesso pode chegar aos 10,68 euros. A estes valores acresce IVA, com diferentes taxas, o que pode somar 6 a 13 euros mensais às faturas atuais, para os perfis de consumo mais comuns. Mas tudo depende da decisão final sobre o valor das tarifas de acesso e da sua repartição pelos diferentes níveis de potência contratada”, pode ler-se.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE