Conecte-se connosco

Cidade

O gesto do pintor eternizado pela lente do fotojornalista. Luís Carregã apresenta retratos de Mário Silva (com videos)

Publicado

em

Os gestos e as mãos do artista plástico conimbricense Mário Silva inspiraram a seleção de um conjunto de fotografias do fotojornalista Luís Carregã para uma exposição, que pode ser apreciada até ao dia 8 de dezembro na Galeria Vítor Costa, em Coimbra.

Das estórias de encontros profissionais, em reportagem, ou pessoais, em convívios de amigos, resultou um conjunto de mais de uma centena de fotografias da autoria de Luís Carregã. Em entrevista ao Notícias de Coimbra, o fotojornalista apresenta as imagens, que podem agora ser vistas ou adquiridas na exposição, que assinala o nonagésimo aniversário do nascimento de Mário Silva.

Catorze destas imagens estão impressas a preto e branco e em várias dimensões, destacando-se uma maior, logo à entrada da exposição que acentua a mão do pintor, sublinhou o fotojornalista, durante a visita do NDC.

Foi durante a inauguração da galeria, que o autor das imagens e o proprietário da galeria idealizaram esta exposição para homenagear a vida e o trabalho de Mário Silva, um pintor que nasceu em Coimbra, cidade que inspirou grande parte da sua obra pictórica. Luís Carregã e Vitor Costa organizaram cronologicamente as imagens, que retratam momentos ao longo de quase quatro décadas, desde 1986.

Mário Silva nasceu em Coimbra e viveu a maior parte da sua vida na Figueira da Foz, embora a sua cidade natal fosse frequentemente interpretada pela sua linguagem plástica. As suas pinturas mais conhecidas, que retratam sob a sua visão o casario de Coimbra, encontram-se em diversos locais públicos como é o caso do hall do Salão Nobre dos Paços do Concelho de Coimbra. Desaparecido em 2016, a sua obra estética consagrou-se principalmente à pintura, mas alargou-se aos domínios das artes gráficas (monotipia, gravura, serigrafia, ilustração, cartaz), da cerâmica, escultura e arte pública monumental.

O município de Coimbra, na altura presidido por Carlos Encarnação, distinguiu-o com a Medalha de Mérito Cultural da Cidade. Uma das fotografias escolhidas para a exposição eternizou o momento e a expressão captada com rigor pela lente de Luís Carregã.

O artista agora homenageado foi galardoado pelo Governo Português com a Medalha de Mérito Cultural, atribuída e entregue pela então Ministra da Cultura e foi agraciado com o prémio carreira pela “Biennale Internazionale Dell´Arte Contemporanea” em Florença, entre outras distinções.

No dia 29 de novembro realiza-se na Galeria Vitor Costa, na Rua Simões de Castro, 134 R/C, uma tertúlia com amigos de Mário Silva, para assinalar o que seria o seu dia de aniversário.

Veja os videos dos diretos Notícias de Coimbra.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link