Conecte-se connosco

Coimbra

Ó da Roooooda! Conheça a Barca Serrana do Mondego (com vídeos)

Publicado

em

 “Ó da Rooooooda!” Era o grito do barqueiro usado noutros tempos para avisar quem trabalhava na agricultura que a barca serrana que ia passar para poderem levantar uma tábua que desviava a água do Mondego para os campos desviar a água para os campos. Desde este sábado é o nome da mais recente atração turística de Coimbra.

A barca serrana “Ó da Roda”, assim batizada este fim de semana, tem um cais no Parque Verde, na margem direita do Rio Mondego, e faz viagens turísticas de 50 minutos, cheias de histórias e curiosidades. Para já serão duas viagens de manhã e quatro à tarde. Custam 10 euros para adultos e metade para crianças (até aos  4 anos é grátis). A embarcação, com um motor elétrico, leva no máximo 20 pessoas.

Há barca a sair do cais, de terça a domingo, às 10:00 e às 11:00, de manhã, mas também às 16:00, 17:00 e 18:0. Por encomenda e marcação pode ter direito a um lanche, com queijos, enchidos, compota e broa ao por do sol, no Mondego. Neste caso o preço pode chegar aos 20 euros por pessoa.

A vista é magnífica e Tiago, o barqueiro, guia o percurso com conhecimento de causa e num tom divertido.

As Serranas do Mondego, da Quadrante Alternativo, nasceram há três anos em Penacova e chegaram este fim de semana a Coimbra depois de “desbravar montanhas”, como contou Vitor Seco, neto de barqueiros e promotor do projeto, em conjunto com Fábio Nogueira. 

“Estou muito feliz. Estamos realizados porque este era um sonho tão antigo”, sublinhou Vitor Seco, numa breve apresentação que contou com o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, e grande parte do executivo, assim como com o autarca de Penacova, Álvaro Coimbra e o seu antecessor, Humberto Oliveira, entre outros convidados. 

José Manuel Silva acredita que este passeio será um dos “‘musts’ de Coimbra”, sublinhando que é “uma forma de ligar a cidade ao rio e aproveitar o espelho de água”. Já Álvaro Coimbra destacou a importância do projeto que espera que cresça e passe a contar com “uma frota de barcas serranas”, lembrando que há um rio que une os dois concelhos.

A empresa tem a navegar em Penacova a barca “O Tareco” que tem sido um sucesso. Em tempos idos chegaram a navegar o Mondego 500 barcas serranas, meio de transporte e de trabalho, agora permitem uma experiência através de um passeio turístico.

 

Veja o direto NDC com Vitor Seco e Fábio Nogueira:

 

Veja a barca a ser batizada:

Veja o direto NDC a partir da barca:

Veja o direto NDC com José Manuel Silva:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link