Casas de Coimbra

Número de anúncios de imóveis para arrendar aumenta em 2024

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 14-03-2024

O Imovirtual, portal imobiliário de referência em Portugal, divulga hoje um estudo focado nos anúncios publicados no seu Portal para arrendamento de imóveis. A análise contempla o número de anúncios existentes, as regiões com maior quantidade de anúncios e o período em que estes ficaram disponíveis – um possível indicador do tempo que uma casa pode demorar a ser arrendada. Os dados partilhados referem-se ao comparativo do início do ano de 2024 com o mesmo período em 2021, 2022 e 2023.

PUBLICIDADE

No início deste ano, face ao período homólogo, o número de anúncios de casas disponíveis para arrendar aumentou de forma significativa (36%). Este aumento sentiu-se na maioria das capitais de distrito do país, com destaque para Lisboa, Leiria e Porto, com subidas de cerca de 59%, 32% e 28%, respetivamente.

Desde o início do ano que, na capital, o número de anúncios de imóveis para arrendar atingiu os 7 358 anúncios em 1 mês. Em 2023, este número foi menor (4 630 anúncios), contrariamente ao verificado no mesmo período em 2022 e 2021, em que o número de anúncios rondava os 7 789 e os 11 291, respetivamente.

PUBLICIDADE

Já no que diz respeito ao Porto, a cidade invicta, em 1 mês de 2024, o número de anúncios ronda os 2 797, 28% maior que o período homólogo. Tal como observado em Lisboa, também no Porto, em 2022 e 2021 a quantidade de anúncios de imóveis para arrendar no portal era superior ao valor registado atualmente (4 794 e 5 686 anúncios, respetivamente).

Seguindo a tendência das duas capitais anteriores, Setúbal (887) e Braga (754) são também, atualmente, as regiões onde se registam o maior número de anúncios, valores que se traduzem em aumentos de 11% e 25% face ao período homólogo.

PUBLICIDADE

Contudo, embora estas capitais sejam as que têm mais anúncios a decorrer, não são as únicas que tiveram o maior aumento, comparando o mesmo período de 2024 vs 2023. Para além de Lisboa e do Porto, também Leiria (32%), Coimbra (30%), Braga (25%), Aveiro (23%), Ilha Terceira (22%) e Faro (15%) tiveram aumentos significativos na quantidade de casas anunciadas para arrendamento.

Bragança (-38%), Madeira (-28%), Vila Real (-27%), Castelo Branco (-12%), Beja (-10%), Viseu (-8%) e Portalegre (-5%) são as regiões onde se verifica uma diminuição mais acentuada no número de anúncios de casas para arrendar, quando comparado o início do ano de 2024, com o mesmo período em 2023.

Já no que toca ao tempo em que ficam disponíveis os anúncios de arrendamento na plataforma do Imovirtual, tem-se verificado um decréscimo ao longo dos últimos anos. O tempo médio de disponibilidade dos anúncios desta categoria em 2024 é de 70 dias, em 2023 era de 76 dias, em 2022 de 108 dias e em 2021 de 104 dias.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE