Coimbra

Novo centro de Saúde Fernão de Magalhães abre até final de março de 2024

António Alves | 5 meses atrás em 08-01-2024

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, revelou esta segunda-feira, 8 de janeiro, que o novo Centro de Saúde Fernão de Magalhães, em Coimbra, irá abrir portas até ao final de março deste ano.

PUBLICIDADE

Para o governante, que esta manhã de segunda-feira visitou o piso 0 do edifício construído no antigo parque de estacionamento da Segurança Social – a poucos metros do degradado edifício que acolhe atualmente esta unidade de saúde -, o centro “está pronto, em termos físicos, falta agora resolver a questão das instalações elétricas necessárias para podermos fazer os testes de todos os equipamentos antes da abertura ao público”.,

“Acho que não é excesso de otimismo acreditarmos que o novo centro de saúde poderá abrir ainda em fevereiro deste ano”, frisou.

PUBLICIDADE

Questionado pelo Notícias de Coimbra sobre os muitos meses que demoraram a retirar a estrutura de obra do espaço, quando o edifício parecia estar pronto, o ministro reconheceu que tal se deveu ao cumprimento das regras de contratação pública, as quais na grande maioria dos casos criam algumas dificuldades.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com o ministro da Saúde

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O novo Centro de Saúde Fernão de Magalhães foi consignado em setembro de 2020 pelo valor de 4,7 milhões de euros. Na altura, a previsão apontava para que a mudança acontecesse até final de 2022, mas só no mês de novembro passado a empresa entregou a obra.

Para o presidente da Comissão de Utentes da USF Coimbra Centro – uma das unidades integrada no Centro de Saúde Fernão de Magalhães -, José Ferreira Nunes, a abertura do novo centro de saúde tem sido uma das principais preocupações deste grupo de cidadãos.

É que, como recordou, “as condições em que hoje funciona o atual centro de saúde não são as melhores”. “Não estou preocupado com inaugurações, estou é preocupado em que os utentes deixem de passar frio e não assistam à queda de água no interior do edifício”, afirmou.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com José Ferreira Nunes

Sobre as obras do Centro de Saúde de Celas, e que obrigaram a Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro a abrir um novo procedimento concursal para a conclusão das obras. Uma situação que obrigou, de acordo com o ministro, à instalação de contentores adicionais para que a USF possa funcionar durante mais alguns meses.

“Vamos lançar um novo procedimento concursal em breve”, afirmou, explicando ainda que os últimos meses serviram para encontrar uma nova forma de financiamento que permita a conclusão da obra.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com a visita de Manuel Pizarro ao novo centro de saúde

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE