Conecte-se connosco

Lazer

Novo Banco cede pintura flamenga ao Museu Nacional Machado de Castro

Publicado

em

O Novo Banco, no âmbito do projeto “novobanco Cultura”, assina na sexta-feira um protocolo com o Museu Nacional Machado de Castro (MNMC), em Coimbra, para a cedência da pintura flamenga conhecida como “Os Financeiros”, anunciou hoje a instituição bancária.

A iniciativa, explicou, insere-se num projeto de incorporação da coleção de pintura do Banco em museus de norte a sul do país, “com particular atenção para a descentralização” da cultura.

A obra de tema profano, com autor desconhecido, foi realizada na Flandres no século XVI, “praticamente desconhecida em Portugal”, passa a integrar o circuito expositivo do MNMC a partir de sexta-feira, realçou o Novo Banco.

“A representação de banqueiros, financeiros, cambistas e cobradores de impostos, tornou-se um tema popular na Flandres ao longo do século XVI, período de grandes transformações económicas na Europa, o que explica a existência de várias cópias e interpretações desta composição. Esta pintura representa muito provavelmente um cobrador de impostos acompanhado por um negociante. A composição é muito semelhante, com pequenas variantes, à pintura considerada atualmente um original de Metsys, que se encontra da Liechenstein Collection (Viena) e à pintura do Louvre, atribuída a Marinus van Reymerswaele”, aclarou aquela instituição.

De acordo com o Novo Banco, são já 11 museus da região Centro que contam com obras da sua coleção.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com