Coimbra

Nova vaga de calor com temperatura máxima a chegar aos 40 graus!

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 22-07-2016

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado hoje, 22 de julho, no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), destaca-se para os próximos dias uma subida acentuada da temperatura máxima.

PUBLICIDADE

calor

Vamos ter mais calor em especial nas regiões do litoral onde se podem resgistar 35.ºC), enquanto no interior Centro e Sul devem rondar 40.ºC;.

PUBLICIDADE

Pode contar com humidade relativa do ar inferior a 20% nas regiões Centro, Sul e litoral Norte, mantendo valores baixos durante o período noturno ( 30% no interior Centro e Sul);

O Vento vai soprar predominantemente de nordeste e a intensificar (45 Km/h) nas terras altas a partir do final da tarde e durante a manhã, característica que se vai manter nos próximos dias.

PUBLICIDADE

Com este tempo quente e seco e vento moderado existem condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais. Tenha cuidado!

A ANPC recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, não é permitido em todos os espaços rurais: Realização de queimadas, nem de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos; Utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos;  Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;  O lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes; Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem; A fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

A Autoridade recorda, ainda alguns cuidados a ter, face às condições meteorológicas previstas, na realização de trabalhos agrícolas e florestais, nomeadamente manter as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras; Abastecer as máquinas a frio e em local com pouca vegetação; Ter cuidado com as faíscas durante o seu manuseamento, evitando a sua utilização nos períodos de maior calor.

A ANPC recomenda ainda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando as proibições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto do sítio da internet do IPMA, junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE