Conecte-se connosco

Lazer

Nova Aragem na Cerca de São Bernardo

Publicado

em

O Chão de Oliva (Sintra) e o Lareira Artes (Maputo, Moçambique) apresentam esta semana em Coimbra “A nova aragem”. A co-produção é construída a partir do texto do moçambicano Sérgio Mabombo e dirigida por João Melo Alvim.


foto 001 - nova aragem
Em a nova aragem “Micumbeu Fuado sonha que a sua propriedade tem enormes quantidades de gás e petróleo. A portuguesa Molina Forjaz, neta de antigos colonos latifundiários em Moçambique, desloca-se à propriedade para confirmar a existência dessas riquezas minerais. Micumbeu e a sua mulher Rabia esperam que ela compre a propriedade para mudarem de vida.

Para o casal não há dúvidas, mas Molina Forjaz quer iniciar a prospecção para ter a certeza da existência dessas riquezas. Segundo Rabia, essa hesitação da portuguesa deve-se aos espíritos dos antepassados africanos, que baralham a sua visão. Acha que Molina deve ser purificada para ver a realidade com outros olhos.

Entretanto, Micumbeu tem novos sonhos, segundo os quais os antepassados africanos decidiram proteger seus filhos da maldição das guerras, trazida pelos recursos minerais. Neste caso, o melhor é procurar novas aragens e viver em comunhão com a natureza”.

O espectáculo é apresentado uma única vez, no dia 21 de Março, às 21:30. Os preços são os seguintes: 10 Euros – bilhete normal; 6 Euros – estudantes, jovens, maiores de 65 anos e profissionais e amadores de teatro; 5 Euros – grupos de 10 ou mais pessoas e entidades protocoladas com o Teatro da Cerca de São Bernardo. 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link