Restaurantes

“no Tacho” de Coimbra celebrou 5 anos de sabores com memória!

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 10-01-2023

Na celebração do aniversário do “no Tacho”, a 6 de Janeiro, até o mau tempo deu tréguas, oferecendo um final de tarde sem chuva e ameno, perfeito para acolher com música, animação, sabor e muito convívio, as dezenas de convidados e até de passantes que se quiseram juntar à festa!

PUBLICIDADE

E os motivos não poderiam ser melhores! 2022 foi o ano de consolidação do “no Tacho” que, ao longo do ano, viajou pelos sabores do Mar e da Serra com a certeza de apresentar em cada prato, o mais profundo respeito pelas raízes do nosso país, com o intuito de deixar a sua marca identitária bem patente na gastronomia da cidade de Coimbra, e de oferecer o seu contributo para a valorização dos melhores produtos locais.

Esta forma de estar, promovida desde o primeiro dia pelo Chef Executivo – Vitor de Oliveira – tem sido ao longo dos anos o fio condutor do “no Tacho”, cuja visão assenta na cozinha portuguesa, mas não agrilhoada às receitas antigas.

PUBLICIDADE

Foi por isso com rasgos de ousadia e de contemporaneidade, que neste cocktail comemorativo que se realizou entre as 17h00 e as 21h00, decidiu apresentar a nova ementa de inverno, em pequenas porções, integrando os novos produtos numa apresentação despida de floreados gastronómicos, mas sempre plena das memórias sensoriais que tanto caracterizam a sua cozinha. Exemplo disso, foi o exuberante Creme de Santola e Paleta 100% Ibérica 5 Jotas ou o Presunto de Vaca Fumado, Queijo de Ovelha e Gema de Ovo Curado que passaram a fazer parte das entradas propostas e que fizeram as delicias dos convidados.

Também o Polvo do Algarve, o arroz de Bacalhau e o Cachaço de Porco Bísaro com Puré de Castanhas e Cogumelos Selvagens foram dados à prova aos comensais que, viram todos os seus sentidos exaltados pelo pelas propostas vínicas dos produtores oriundos de diversas regiões desde Trás-os-montes ao Douro, passando por Lisboa e pelo Dão e, como não poderia deixar de ser, pela Bairrada. Muitos outros pratos ficaram de fora desta apresentação como o Cachaço de Marinhoa DOP com um leve toque de Canela, o Entrecosto de Javali no Forno ou a Perna da Galinha, o Arroz do Mondego e a nossa Cabidela, motivos estes mais do que suficientes para agendar para o mais breve possível uma e outra visita ao “no Tacho”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Para deixar espaço ao bolo de aniversário que encerrou com chave de ouro esta celebração, houve ainda que abdicar do Doce de Ovos e Nozes com Gelado Artesanal de Sálvia e do tradicional Pudim de Gemas com Vinho do Porto e o Doce de Abóbora, novamente bons motivos para não adiar uma visita ao restaurante!

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE