Conecte-se connosco

Restaurantes

“no Tacho” de Coimbra celebrou 5 anos de sabores com memória!

Publicado

em

Na celebração do aniversário do “no Tacho”, a 6 de Janeiro, até o mau tempo deu tréguas, oferecendo um final de tarde sem chuva e ameno, perfeito para acolher com música, animação, sabor e muito convívio, as dezenas de convidados e até de passantes que se quiseram juntar à festa!

E os motivos não poderiam ser melhores! 2022 foi o ano de consolidação do “no Tacho” que, ao longo do ano, viajou pelos sabores do Mar e da Serra com a certeza de apresentar em cada prato, o mais profundo respeito pelas raízes do nosso país, com o intuito de deixar a sua marca identitária bem patente na gastronomia da cidade de Coimbra, e de oferecer o seu contributo para a valorização dos melhores produtos locais.

Esta forma de estar, promovida desde o primeiro dia pelo Chef Executivo – Vitor de Oliveira – tem sido ao longo dos anos o fio condutor do “no Tacho”, cuja visão assenta na cozinha portuguesa, mas não agrilhoada às receitas antigas.

Foi por isso com rasgos de ousadia e de contemporaneidade, que neste cocktail comemorativo que se realizou entre as 17h00 e as 21h00, decidiu apresentar a nova ementa de inverno, em pequenas porções, integrando os novos produtos numa apresentação despida de floreados gastronómicos, mas sempre plena das memórias sensoriais que tanto caracterizam a sua cozinha. Exemplo disso, foi o exuberante Creme de Santola e Paleta 100% Ibérica 5 Jotas ou o Presunto de Vaca Fumado, Queijo de Ovelha e Gema de Ovo Curado que passaram a fazer parte das entradas propostas e que fizeram as delicias dos convidados.

Também o Polvo do Algarve, o arroz de Bacalhau e o Cachaço de Porco Bísaro com Puré de Castanhas e Cogumelos Selvagens foram dados à prova aos comensais que, viram todos os seus sentidos exaltados pelo pelas propostas vínicas dos produtores oriundos de diversas regiões desde Trás-os-montes ao Douro, passando por Lisboa e pelo Dão e, como não poderia deixar de ser, pela Bairrada. Muitos outros pratos ficaram de fora desta apresentação como o Cachaço de Marinhoa DOP com um leve toque de Canela, o Entrecosto de Javali no Forno ou a Perna da Galinha, o Arroz do Mondego e a nossa Cabidela, motivos estes mais do que suficientes para agendar para o mais breve possível uma e outra visita ao “no Tacho”.

Para deixar espaço ao bolo de aniversário que encerrou com chave de ouro esta celebração, houve ainda que abdicar do Doce de Ovos e Nozes com Gelado Artesanal de Sálvia e do tradicional Pudim de Gemas com Vinho do Porto e o Doce de Abóbora, novamente bons motivos para não adiar uma visita ao restaurante!

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com