Conecte-se connosco

Região

No Natal da Pampilhosa da Serra não há lugar para o Pai Natal… Mas há um cenário único (com vídeos)

Publicado

em

O Natal Serrano regressou à Pampilhosa da Serra! O evento,  que procura recriar o mais autêntico espírito natalício, em que não há lugar para o Pai Natal, foi inaugurado na tarde desta quarta-feira, 07 de dezembro.

O presidente da Câmara Municipal frisa que a aposta do executivo é “recriar o Natal genuinamente serrano, em que não existe a figura do Pai Natal, com a família à volta da lareira, o presépio, as filhós e o sapato na lareira”.

Jorge Custódio adianta que “quem vier à Pampilhosa da Serra vai encontrar um cenário único, com as ruas cobertas de mato, como era antigamente, recriação de casas antigas e uma eira da brincadeira para as crianças, onde não há computadores, consolas de jogos, nem televisão”.

O Natal Serrano, que não se realizava desde 2019, decorre de 7 a 11 e de 16 a 18 deste mês no Mercado Municipal, num ambiente em que também há artesãos e no qual se sente o aroma  da gastronomia local, com destaque para a Filhó Espichada, que reclama para si um festival próprio dentro do certame.

As 8 freguesias do concelho, vão fazer-se representar, dando a conhecer as diferentes formas de confecionar uma das iguarias mais aclamadas da gastronomia serrana, com a receita  reverte para a Santa Casa da Misericórdia da Pampilhosa da Serra e a Associação de Solidariedade Social de Dornelas do Zêzere.

Os visitantes podem ainda atrever-se no espaço gastronómico “Aqui Espicho Eu!” para colocar em prática os segredos de confeção que forem absorvendo nas várias “bancas”.

A experiência gastronómica, que a par do artesanato (12 ateliers representados) é um dos “cabeças de cartaz”, pode ainda prolongar-se nas tasquinhas típicas, onde entre brindes vai ser possível saborear receitas “à moda antiga” que prometem dar um tempero especial a esta quadra, como é o caso da tibornada de bacalhau.

“O Natal Serrano é um Natal de tradições, de valorização dos costumes e dos saberes”, salienta Jorge Custódio.

Os concertos e as atuações musicais itinerantes serão uma constante, privilegiando-se, claro está, os sons populares. Contudo, haverá música para todos os gostos, pelo que vão subir ao palco do evento nomes como Augusto Canário, David Antunes e Jéssica Cipriano, o Grupo dos Antigos Orfeonistas de Coimbra, entre muitos outros.

Este ano há uma novidade que promete entusiasmar pequenos e graúdos: um planetário, espaço de ciência e de sonhos onde os elementos astronómicos prometem iluminar a imaginação e a criatividade, proporcionando agradáveis momentos em família.  

No dia 11 de dezembro (domingo), o programa “Domingão” da SIC, transmitirá em direto a partir do evento. Da luz do Natal mais próximo das estrelas, à magia da época vivida como antigamente, os visitantes podem celebrar a verdadeira tradição em Pampilhosa da Serra.

Veja os vídeos do NDC:

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com