Conecte-se connosco

Cidade

“No Meu Bairro” vence Concurso de aplicações para a Mobilidade

Publicado

em

 

Da esquerda para a direita:  Miguel Laginha (gestão TICE.Mobilidade), Gouveia Leal (coordenador Projetos TICE), Gustavo Felisberto (1º classificado), Sérgio Santos (3º classificado), Filipe Santos (2º classificado), Carlos Bento (UC) e António Cunha (IPN).

Da esquerda para a direita: Miguel Laginha (gestão TICE.Mobilidade), Gouveia Leal (coordenador Projetos TICE), Gustavo Felisberto (1º classificado), Sérgio Santos (3º classificado), Filipe Santos (2º classificado), Carlos Bento (UC) e António Cunha (IPN).

A aplicação “No meu Bairro” (http://improvecoimbra.org/project/no-meu-bairro/), que permite a qualquer cidadão notificar os problemas que encontra na sua localidade, desde um simples buraco na rua, uma lâmpada fundida ou um semáforo avariado até problemas mais complexos, venceu o “One.Stop.Transport Dev Challenge – concurso de aplicações para a mobilidade centradas no utilizador”, promovido no âmbito do projeto TICE.Mobilidade, liderado por investigadores da Universidade de Coimbra (UC) e do Instituto Pedro Nunes (IPN).

A cerimónia de entrega de prémios do concurso que distinguiu ainda as aplicações “SMTUC Ubique” – facilita a utilização dos transportes públicos de Coimbra – e “UrbanFlow” (permite ao utilizador identificar um autocarro quando ele passa junto de si, podendo registar a linha a que o autocarro pertence, a hora e a sua posição), decorreu esta manhã no IPN.

O projeto vencedor foi premiado com 1.000 euros, e os segundo e terceiro classificados, com 500 euros cada.

Segundo Gustavo Felisberto, em representação da equipa que desenvolveu a aplicação vencedora, «No meu Bairro nasce no contexto de outros planos de cidadania, em regime de voluntariado. Nesse sentido, o prémio vai ajudar a manter o projeto vivo, pagando contas de domínios e servidores. Vai ainda ser usado para ajudar outras iniciativas do Improve Coimbra (http://www.improvecoimbra.org/)».

Sobre a aplicação, o jovem explica que «por si só não resolve problemas, mas ajuda. É uma plataforma para reportar os problemas encontrados. A resolução depende dos organismos competentes, nomeadamente as autarquias».

O projeto TICE.Mobilidade, focado em desenvolver produtos tecnológicos inovadores, de baixo custo para o utilizador e amigos do ambiente, prevê colocar no mercado soluções tão diversas como sistemas de mobilidade em veículos autónomos, bike-sharing (através de tecnologia para, p. ex., localização, reserva e pagamento de forma simples, bem como o bloqueio e localização da bicicleta em qualquer momento e qualquer lugar), informação contextualizada no interior dos veículos, eficiência energética e planeamento da rota e meios de transporte.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link