Primeira Página

Neste Largo (de Santana) em Coimbra pode beber “pipocas” e “abóboras”!

António Alves | 3 meses atrás em 25-01-2024

Já foi uma mercearia, uma tasca e um bar, mas agora abriu como um espaço onde é possível tomar uma bebida de autor, conversar e até comer umas tapas feitas pelo Chef Ferran Arnau. O “Largo” fica situado no número 14 do Largo de Santana, junto ao Quartel de Santa Ana e Estabelecimento Prisional de Coimbra, e é um projeto de autor de dois jovens.

PUBLICIDADE

Gonçalo, de 26 anos, e Mariana, de 31 anos, conheceram-se em Lisboa. Ligados ao setor através da formação em Gestão Hoteleira, foi Gonçalo, que nasceu na capital portuguesa, quem teve uma primeira experiência na área por intermédio de alguns amigos.

Apesar de gostarem de estar a morar em Lisboa, Mariana mostrou sempre vontade de regressar à sua terra natal – Coimbra – para fazer algo pela cidade. “Começámos a pensar em algo ligado com a restauração”, referiu Gonçalo ao Notícias de Coimbra.

PUBLICIDADE

publicidade

Nessa ponderação e estudo sobre a criação de um espaço onde os clientes pudessem beber uma bebida “sem grandes confusões”, eis que surge a hipótese da antiga Tasca de Santana, junto ao Estabelecimento Prisional de Coimbra.

Conhecedores do espaço, sentiram que esta “era a altura ideal de reativar o espaço”. Baseando-se em exemplos de bares com o mesmo conceito em Lisboa e no Porto, “tirámos algumas ideias para começarmos a criar este projeto que fosse, ao mesmo tempo, original na cidade”. É, então, que surge o projeto “Largo” que abriu portas a 28 de novembro.

PUBLICIDADE

Aproveitando a história do espaço, e através do projeto feito por Joana Soda, Gonçalo e Mariana fizeram questão de preservar essa memória antiga através da recuperação dos icónicos armários ou, até mesmo, o antigo chão da mercearia. “Tirámos as costas dos armários porque quisemos que houvesse uma ligação entre as duas salas”, afirmou Gonçalo.

Uma das novidades é a criação de uma sala mais recatada com capacidade para 8 pessoas e onde é possível assinalar uma data festiva ou, até mesmo, conviver com alguns amigos sem estar junto dos restantes clientes do bar.

Carregue na galeria e conheça o “Largo” em Coimbra

Para além de ser um espaço onde se pode conversar sem ser necessário falar alto, o “Largo” tem como outra particularidade a carta de bebidas, principalmente os cocktails. Gonçalo e Mariana referem que a carta tem “uma gama mais ou menos abrangente de todo o tipo de bebidas baseadas em xaropes feitos por nós e tendo por base a fruta fresca”.

Pipocas (Whisky e xarope de pipoca), marshmallow (vodka e xarope de marshmallow), abóbora (vodka e xarope de abóbora) e caramelo salgado (vodka e xarope de caramelo salgado) são alguns dos cocktails que podem ser consumidos no “Largo”.

A carta de bebidas irá sendo renovada ao longo dos meses e, quando chegar o Verão, é possível encontrar novidades tendo por base xaropes feitos com frutas típicas daquela altura do ano. Gin das principais marcas nacionais, caipirinha, margarita, aperol spritz, vinho a copo e sangrias são outras das opções.

No Largo pode saborear comida do catalão Chef Ferran Arnau com pratos como hummus de manjericão, rolls de salmão fumado e tosta ibérica, entre outros e doces da X-Cake como o brownie ou o cheesecake basco.

Tal como acontece com a carta de bebidas, também as tapas e doces vão sofrer mudanças ao longo do ano para acompanhar os produtos que são típicos das várias alturas do ano. O “Largo” está a funcionar de terça-feira a sábado entre as 18:00 e as 02:00. Quando o tempo melhorar, passará a dispor de uma esplanada exterior com 20 lugares.

Veja a entrevista com Gonçalo, um dos responsáveis do bar “Largo” em Coimbra

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE