Conecte-se connosco

Desporto

Negociações bem encaminhadas para Algarve receber MotoGP em 2022

Publicado

em

O administrador do Autódromo Internacional do Algarve (AIA) afirmou hoje que as negociações com a Dorna “estão bem encaminhadas” para que o circuito algarvio receba o Grande Prémio de Portugal de MotoGP em 2022.

“A Dorna [entidade organizadora do MotoGP] quer muito que fiquemos, daí colocar-nos no calendário provisório para o próximo ano, o que demonstra um voto de confiança”, disse à Lusa Paulo Pinheiro, em Portimão.

De acordo com o calendário provisório do principal Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade para 2022, o AIA vai receber, em 24 de abril, a quinta das 21 provas previstas para o próximo ano do Mundial de MotoGP.

O responsável pelo circuito algarvio adiantou que “apenas faltam acertar pequenos pormenores, nomeadamente ao nível da garantia dos apoios financeiros”.

“São valores que até estão muito abaixo daquilo que é o normal para estes eventos internacionais, condições que são muito especiais para este período que estamos a viver”, apontou.

Paulo Pinheiro acredita que “não vai ser difícil assegurar os apoios necessários para a realização da prova, dado o rácio entre o investimento e o que se recebe na economia da região e do país”.

Para o administrador do autódromo algarvio, a avaliação feita pelas equipas, pilotos e organizadores sobre o circuito de Portimão, “é um fator que pesa na decisão de incluir o autódromo algarvio no calendário do próximo ano”.

“Para pilotos, equipas e organizadores, é um prazer estar aqui, o que nos deixa muito orgulhosos e confiantes que possamos ter continuidade no futuro”, sublinhou.

Na opinião de Paulo Pinheiro, “é difícil ter um sítio que reúna tanto consenso, como é o caso de Portimão, quer ao nível da pista, quer de organização, logística, hotéis e restaurantes”.

De acordo com o calendário para 2022, o Mundial arranca em 06 de março, no Qatar, e termina em 06 de novembro, em Valência.

A corrida de 2022 será a quarta prova de MotoGP no AIA, que já acolheu o Grande Prémio de Portugal em 2020, conquistado por Miguel Oliveira, e 2021, vencido pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), e vai ainda receber o Grande Prémio do Algarve, no domingo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link