Conecte-se connosco

Desporto

Naohisa Takato vence no judo e garante primeiro ouro do Japão

Publicado

em

O judoca Naohisa Takato conquistou hoje a primeira medalha de ouro para o Japão, a competir em ‘casa’ nos Jogos Olímpicos em Tóquio2020, enquanto Distria Krasniqi deu o segundo ouro de sempre ao Kosovo.

Takato, tricampeão mundial e bronze no Rio2016, venceu a final dos -60 kg masculinos, ao bater o taiwanês Yang Yung-wei, enquanto Krasniqi superou a nipónica Funa Tonaki nos -48 kg femininos, prova em que Catarina Costa ficou perto do bronze.

A fazer a sua estreia em Jogos Olímpicos, a judoca portuguesa terminou em quinto lugar, depois de perder por ‘ippon’, a 54 segundos do fim, o combate para a atribuição da medalha de bronze com a mongol Urantsetseg Munkhbat.

Nos Jogos de Tóquio2020, Catarina Costa foi a primeira de oito judocas lusos em prova, faltando competir Joana Ramos (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Anri Egutidze (-81 kg), Bárbara Timo (-70 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg) e o bicampeão mundial Jorge Fonseca (-100 kg), e Rochele Nunes (+78 kg).

Minutos depois do desalento de Tonaki na prova feminina, Naohisa Takato arrecadou o primeiro ouro para o Japão e sagrou-se campeão olímpico pela primeira vez, aos 28 anos, vencendo o duelo com Yang Yung-wei por ‘ippon’, quando o combate já estava em morte súbita.

As medalhas de bronze foram para o cazaque Yeldos Smetov e o francês Luka Mkheidze.

Antes, Distria Krasniqi comprovou a liderança do ranking mundial feminino e ficou com o ouro nos -48kg, apenas o segundo do seu país em Jogos Olímpicos, juntando-se à também judoca Majlinda Kelmendi, vencedora da categoria -52kg no Rio de Janeiro.

O golpe que deu o triunfo só apareceu a 20 segundos do final do combate, com Krasniqi a vencer por ‘waza-ari’.

Além de Urantsetseg Munkhbat, a ucraniana Daria Bilodid também garantiu o bronze.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com