Crimes

“Não os matei. Não sei se foi o Fernando, mas não meto as mãos no lume por ninguém”

Notícias de Coimbra | 3 meses atrás em 19-03-2024

 O Ministério Público (MP) pediu hoje a pena máxima de 25 anos de prisão para os dois alegados homicidas de um casal de idosos alemães numa aldeia do concelho de Beja, revelou um dos advogados do processo.

Os dois arguidos, um homem, de 54 anos, e uma mulher, de 38, encontram-se em prisão preventiva e começaram hoje de manhã a ser julgados no Tribunal de Beja, pronunciados por dois crimes de homicídio qualificado e um de furto qualificado.

Nas alegações finais, que decorreram esta tarde, o procurador do MP pediu a condenação dos dois acusados, assim como a aplicação da pena máxima de 25 anos de prisão para ambos, indicou à agência Lusa o advogado da arguida, André Caetano.

O coletivo de juízes que está a julgar o caso...

Para continuar a ler este artigo torne-se assinante.
Apoie a nossa missão!

Se ainda não é Assinante

Assine aqui

Se já é Assinante

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE