Conecte-se connosco

Cidade

Não é possível “achanatar” Piscina de Celas

Publicado

em

A Piscina Municipal de Celas continua encerrada e a oposição quer saber o que é que a autarquia está a fazer para abrir o espaço.

A questão foi colocada pela social democrata Madalena Abreu na reunião da autarquia que decorre nos Paços do Concelho.

Madalena Abreu perguntou “o que se passa para continuarmos com a Piscina de Celas de portas fechadas?”.

“Ainda não terá havido tempo para voltar à abrir à cidade um equipamento desportivo tão querido e usado por tantos cidadãos? Estamos há beira do aniversário da passagem do
Furação Leslie, o hóspede incómodo que determinou este estado de coisas. A
intempérie passou… mas nós, aqui em Coimbra, teimamos em deixar vivas as
memórias deste acontecimento?!”, questionou a vereadora.

Manuel Machado respondeu que não dá para “achanatar” a Piscina de Celas destruída pela tempestade Leslie em outubro de 2018.

Carlos Cidade adiantou que  autarquia se prepara para promover um concurso para reconstrução do edifício.

Em 2 novembro, a autarquia informou que Piscina Municipal de Celas esteve encerrada devido aos estragos provocados pela tempestade “Leslie”, que destruiu/danificou parte dos acrílicos que formam a cobertura de um dos topos da nave principal, o que obrigou à substituição dos mesmos e que o espaço reabriria no dia 5 de novembro de 2018.

Em janeiro de 2019, a Câmara Municipal de Coimbra anunciou que as “Piscinas de Celas estarão encerradas ao público de forma a serem avaliadas as questões de segurança, face aos agravamentos registados, devido à pluviosidade, dos danos sofridos no telhado no decorrer da tempestade ‘Leslie’, apesar das reparações realizadas no passado mês de outubro”.

Notícia em desenvolvimento

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link