Vamos

Museu Municipal de Coimbra tem oficinas didáticas para os mais novos nas férias da Páscoa 

Notícias de Coimbra | 2 meses atrás em 28-02-2024

A programação de março do Museu Municipal de Coimbra (MMC) é composta por iniciativas gratuitas, orientadas para o público escolar, que assinalam o Dia do Pai e a Primavera.

PUBLICIDADE

No âmbito das ações dirigidas para o público escolar, o MMC vai levar a cabo, em março, mais precisamente dia 13, às 10h30, uma visita encenada à Torre de Almedina (Núcleo da Cidade Muralhada), intitulada “D. Sesnando, o Alvazil de Coimbra”, em que D. Sesnando Davides vai guiar os participantes na descoberta da torre e dos seus mecanismos de defesa. Esta ação destina-se a alunos do pré-escolar ao 2.º ciclo, em grupos formados de cinco a 25 crianças, requer inscrição através do telefone 239 833 771 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt e vai acontecer todas as segundas quartas-feiras do mês.

De 19 a 22 de março, o MMC vai assinalar o Dia do Pai (19 de março) e da Primavera (21 de março), com duas oficinas temáticas. A primeira, “Quantos queres?”, é um divertido e intemporal jogo para oferecer aos pais, com pequenas mensagens que só os dois poderão partilhar. Trata-se de uma oficina de expressão plástica, que vai decorrer de terça a sexta-feira, das 10h00 às 16h00, na Torre de Anto, destinada a alunos do pré-escolar ao 2.º ciclo. Já com a oficina “O Augusto quer ser arquiteto!”, o MMC vai receber a Primavera no coreto do Parque Manuel Braga e conhecer melhor o arquiteto Augusto. Neste caso, é uma oficina de leitura (com oferta da história aos participantes), para o mesmo público-alvo, do pré-escolar ao 2.º ciclo, e que vai ocorrer das 10h00 às 16h00. Ambas requerem inscrição através do telefone 239 840 754 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

PUBLICIDADE

publicidade

De 26 a 28 de março e de 2 a 5 de abril, aproveitando as férias da Páscoa, o Museu vai desenvolver programas com o objetivo de possibilitar a ocupação de tempos livres, através de um conjunto de atividades pedagógicas de caráter lúdico. Estes programas procuram despertar as crianças para diferentes experiências nos espaços do Museu Municipal, proporcionando o contacto com a arte e a história. As propostas são destinadas a grupos formados.

Neste âmbito, vai decorrer a oficina “Orelhudos medievais!”, na Torre de Almedina, das 10h00 às 16h00, com sessões de 60 minutos. As inscrições podem ser feitas através do telefone 239 833 771 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt). Está, também, prevista a “Oficina Torah? Como se desenrolará?!”, no Edifício da Inquisição, entre as 13h00 e as 16h00 e, ainda, a oficina “Atualizações no mundo do Fado de Coimbra!”, na Torre de Anto, das 10h00 às 16h00 (cadência regular de 90 minutos). Estas oficinas são dirigidas a crianças do pré-escolar e ATL’s, em grupos formados de cinco a 25. No caso das duas últimas, a inscrição é feita através do telefone 239 840 754 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

PUBLICIDADE

De recordar que o MMC não recebe inscrições individuais. Todavia, pode receber grupos, com um mínimo de cinco participantes, formados pelos pais ou encarregados de educação. Nesta modalidade, o adulto responsável pela marcação, ou outro por este indicado, ficará responsável pelo grupo durante a atividade.

Da programação consta, também, para o público em geral, uma ação evocativa da vida e obra de Josefa Greno, a decorrer no Dia Internacional da Mulher, dia 8.  A iniciativa consta numa visita acompanhada à obra de Josefa Greno, que integra o Núcleo de Pintura da Coleção Telo de Morais, no Edifício Chiado, com início às 13h30, destinada a grupos de cinco a 25 pessoas. Requer inscrição através do telefone 239 840 754 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt. Às 18h00, vai ter lugar mais uma sessão do ciclo de conversas “Entrelaçando a História e a Ficção”, no Edifício da Inquisição, um evento que conta com a participação de autores cujas obras exploram os eventos verídicos da história dos judeus. A sessão de dia 8 é dedicada à obra “Grácia Nasi|A judia portuguesa do século XVI que desafiou o seu próprio destino”, de Esther Mucznik.

A 16 de março, às 15h30, vai realizar-se uma visita acompanhada à exposição “Judeus de Coimbra | da Tolerância à Perseguição | Memórias e Materialidades”, patente no Edifício da Inquisição, destinada a grupos de cinco a 25 pessoas, que requer inscrição através do telefone 239 840 754 ou do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

Por último, no dia 21 de março, vai ser inaugurada, pelas 12h00, na Galeria Almedina, a exposição temporária “Artbag: ce ci n’est pas une boîte-en-valise ou a possibilidade de ser”. É o resultado do projeto-piloto “Entre o ir e o vir, o que daqui levo”, orientado e acompanhado por Sónia Honório, que tem por base a parceria entre o Centro de Arte Contemporânea de Coimbra, o MMC e a Associação Há Baixa. A partir de visitas e da realização de oficinas nos núcleos do Museu e nas exposições do Centro de Arte, o grupo de mulheres participantes do Saco da Baixa foi convidado a produzir trabalhos inspirados nestes espaços museológicos, nos seus acervos históricos e nas exposições temporárias de arte contemporânea. A mostra pode ser vista até ao dia 19 de maio, de terça a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, e sábados e domingos, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Como é já habitual, no quarto sábado do mês, neste caso no dia 23 de março, as entradas são gratuitas no MMC.  

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE