Conecte-se connosco

Cidade

Museu da Água de Coimbra ultrapassou os 112 mil visitantes

Publicado

 

em

As iniciativas relacionadas com o Dia Mundial da Água visam, de uma forma integrada, sensibilizar as populações para a importância do uso racional e da preservação da água enquanto recurso estratégico essencial à vida e para o valor inerente das atividades desenvolvidas pela Águas de Coimbra enquanto entidade gestora.

MUSEU DA ÁGUA

No âmbito do que é a sua responsabilidade social, enquanto empresa municipal, a Águas de Coimbra, através do Museu da Água, procura dar o seu contributo para a sustentabilidade ambiental e para a valorização do Rio Mondego.

Em 9 anos de existência, registámos 112.083 visitantes no Museu da Água, dos quais 54.213 crianças participaram nas oficinas pedagógicas. Só no ano passado tivemos 17.838 visitantes.

A realização do workshop “Repensar – do velho se faz novo” e a inauguração da exposição “Amor, Terra e Arte”, de José Ferreira Marques, mais conhecido por «Zé Pirata», são exemplos das iniciativas que temos para oferecer no dia 22 de março.

O Museu da Água de Coimbra irá promover, nos dias 22 e 23 de março, a 3.ª edição do workshop “Repensar – do velho se faz novo”. A iniciativa destina-se à ocupação dos tempos livres de crianças durante a interrupção letiva da Páscoa e conta com a participação da Living Place.

Com o objetivo de desenvolver e promover uma consciencialização ambiental entre os destinatários, durante dois dias, as crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos, vão criar objetos decorativos associados à época festiva da Páscoa, reutilizando desperdícios de papel e plástico.

As atividades decorrerão no espaço do Museu da Água de Coimbra. A participação nesta iniciativa é gratuita, mas carece de inscrição, obrigatória (através do n.º 239096019), e é limitada a 15 participantes.

Ondas na água

Pegando no tema escolhido para celebrar o Dia Mundial da Água, “Água e Empregos: Investir em Água é Investir em Empregos”, a Águas de Coimbra irá inaugurar, pelas 18h00, no museu da Água de Coimbra, a exposição “Amor, Terra e Arte”, de José Ferreira Marques.

José Ferreira Marques, mais conhecido por «Zé Pirata», é colaborador da Águas de Coimbra e nos tempos livres dedica-se às artes, uma das suas grandes paixões.

Nesta exposição de grande criatividade, «Zé Pirata», que herdou do avô o jeito para transformar o velho em novo, convida-nos a viajar pelo mundo da consciencialização, provando que é possível transformar materiais que eram “lixo” em verdadeiras peças de arte.

Na base das suas obras (escultura e pintura) quase sempre estão acessórios comuns, que manuseia no seu dia a dia pessoal e profissional. A exposição de «Zé Pirata» “Amor, Terra e Arte”, é composta por 6 telas e 8 esculturas.

Assinalam-se 24 anos desde que a Organização das Nações Unidas proclamou, em 1992, o dia 22 de março como Dia Mundial da Água.

Desde então, as celebrações em vários pontos do mundo acontecem a partir de um tema anual, definido pela própria Organização, com o intuito de abordar os problemas relacionados com os recursos hídricos. Em 2016, destaca-se o tema “Água e Empregos: Investir em Água é Investir em Empregos”.

22 de março é o dia mais importante no calendário do Museu da Água de Coimbra. É a data em que se celebra o Dia Mundial da Água e, é simultaneamente, o aniversário deste espaço museológico, que completa nove anos de atividade.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com