Conecte-se connosco

Coimbra

Munícipe pede a José Manuel Silva que dê passes aos vereadores e venda os carros da Câmara (com vídeo)

Publicado

em

O munícipe Manuel Bragança inscreveu-se para usar da palavra na reunião do executivo da Câmara Municipal de Coimbra que decorreu hoje. Durante os 10 minutos a que teve direito não poupou críticas aos governantes e apelou a José Manuel Silva que vendesse os carros da autarquia e distribuísse passes dos Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) pelos vereadores e diretores.

“Estes senhores precisam de ter um passe social”, disse o eleitor, dirigindo-se aos vereadores presentes na reunião. “As pessoas de Coimbra não gostam que estes indivíduos estejam habituados a ter mordomias inaceitáveis: carros topo de gama, motoristas… O presidente da Câmara tem que ter um carro digno para as deslocações, mas não um topo de gama. No dia a dia devia ter um utilitário”, afirmou em declarações ao NDC no final da sua intervenção.

Além da crítica aos veículos, Manuel Bragança pediu “o fim das trotinetas”, mais limpeza nos contentores do lixo e no Largo D. Dinis, um programa de educação cívica, manutenção dos parques infantis e apontou o dedo ao reitor da Universidade de Coimbra, pela gestão do Jardim Botânico, e ao Partido Socialista (PS), pela utilização do Convento São Francisco como “donos da cidade”.

A intervenção levou a uma reação do PS. “O que aqui foi dito, nomeadamente em relação à utilização do Convento São Francisco pelo PS, é grave e falso”, disse Carlos Cidade.

“A democracia é assim mesmo”, comentou ainda José Manuel Silva, após a saída do munícipe do Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Veja o direto NDC com as declarações de Manuel Bragança:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade