Crimes

Mulher vive trancada em casa com medo do ex-companheiro

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 06-03-2023

Esta é a história de Maria de Fátima, uma mulher de 52 anos, mãe de três filhos. Foi vítima de violência doméstica durante mais de 20 anos.

PUBLICIDADE

“Eu vivo trancada, eu e os meus filhos, sem fazer mal a ninguém”, conta a mulher ao Correio da Manhã.

O agressor foi condenado a 3 anos e meio de pena suspensa, em 2019. Tem uma ordem de restrição, que não será cumprida. “Passa-me pelas traseiras, danifica-me o jardim, deixa cartas no correio”, denuncia.

PUBLICIDADE

publicidade

A vítima e o agressor têm três filhos, dois menores. “Vivi violência todos os dias. Ele mantinha bem claro que se não me batesse, não acabava bem o dia”, relatou o mais velho que também foi vítima.

O tribunal decretou que o jovem e a mãe tinham direito a uma indemnização. O filho chegou a receber 5 mil euros. “Grande parte usei na mensalidade do colégio dos meus irmãos, em materiais escolares, livros… Ele recusa-se a pagar”, expôs. O jovem vai viver com marcas para sempre: “Viver ou morrer, para mim era a mesma coisa”, concluiu.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE