Crimes

Mulher deita fogo e tenta matar “motivada por sentimentos de vingança”

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 03-03-2024

 Uma mulher com 40 anos foi detida no concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores, por “fortes indícios” da prática dos crimes de fogo posto e de homicídio na forma tentada, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

PUBLICIDADE

Em comunicado, a PJ esclareceu que a mulher foi identificada e detida através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, com a colaboração da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Segundo a fonte, na madrugada de sábado, a mulher, “alegadamente motivada por sentimentos de vingança, dirigiu-se à residência de familiares, onde, com recurso a um engenho improvisado, contendo líquido inflamável, veio a provocar um incêndio, que rapidamente se propagou, colocando em perigo a vida dos oito residentes”.

PUBLICIDADE

publicidade

Os Bombeiros Voluntários de Angra do Heroísmo foram chamados ao local e “conseguiram impedir que as chamas se propagassem a mais compartimentos e a outras habitações”.

Ainda de acordo com a PJ, cinco dos residentes na habitação foram conduzidos ao hospital com queimaduras de segundo grau e com problemas respiratórios e um dos feridos está internado nos Cuidados Intensivos.

PUBLICIDADE

A detida vai ser presente às autoridades judiciárias para aplicação de eventuais medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE