Conecte-se connosco

Crimes

Mulher de 40 anos detida pela PJ de Coimbra fica em prisão preventiva

Publicado

em

Uma mulher de 40 anos detida por suspeita de tráfico de estupefacientes vai ficar em prisão preventiva até reunir as condições para ser sujeita a prisão domiciliária, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ) de Coimbra.

“A detenção ocorreu na sequência do incumprimento das medidas de coação a que já estava sujeita, por, em maio do ano transato, ter sido detida quando tentava introduzir duzentas doses de haxixe no Estabelecimento Prisional de Coimbra, quando ali se deslocou para visitar o seu namorado”, explicou a diretoria de Coimbra, em comunicado.

A mulher tinha sido detida a 18 de maio de 2013 quando procurava levar 200 doses de haxixe ao companheiro, detido no Estabelecimento Prisional de Coimbra, disse à agência Lusa fonte da PJ.

Na altura, a detida ficou obrigada a apresentações trissemanais às autoridades e proibida de contactar com o namorado.

“A detida não cumpriu as referidas medidas, porquanto continuou a fazer contactos com o recluso e a colaborar em outras tentativas de introdução de estupefaciente naquele estabelecimento”, lê-se no comunicado.

A mulher foi detida na terça-feira pela PJ de Coimbra e presente na quarta-feira a novo interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a prisão preventiva, até serem reunidas as condições para ficar sujeita à obrigação de permanência na habitação sob vigilância eletrónica.

Sem antecedentes criminais, a detida reside em Vila Franca de Xira, onde trabalha num armazém.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link