Escolas

Mostra de teatro escolar junta cerca de 300 alunos de 17 escolas em Coimbra

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 11-05-2018

Trezentos alunos de 17 estabelecimentos escolares apresentam trabalhos teatrais feitos dentro dos muros da escola, na Oficina Municipal do Teatro (OMT), em Coimbra, de segunda-feira a dia 18.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A Mostra de Teatro Escolar de Coimbra, que vai na sua 13.ª edição, leva à OMT produções teatrais de escolas de Coimbra, mas também de fora, como da Lousã, Soure, Alvaiázere, Ílhavo e Tomar.

PUBLICIDADE

A assistir às peças, que vão ser exibidas em sessões de manhã e de tarde, conta-se a participação de 1.500 alunos dos mesmos estabelecimentos de ensino público, particular e cooperativo que integram a iniciativa, disse à agência Lusa o Teatrão, companhia de teatro de Coimbra que apoio o evento.

Para João Paulo Janicas, da organização, a mostra pretende realçar a importância do teatro em contexto escolar como elemento “essencial para o desenvolvimento integral dos alunos”.

PUBLICIDADE

“Não basta para a formação pensarmos só nas matérias clássicas, no saber contar e no saber escrever ou nas preocupações com os resultados muito em voga e bastante limitadoras. Isso não chega. É importante formar pessoas capazes de olhar o mundo à sua volta e de interpretarem a realidade”, vincou

Nesse sentido, o teatro acaba por ser uma componente importante que, para além do aspeto estético e artístico, desenvolve “o aspeto comunicacional e a socialização”, já que as peças são resultado de projetos coletivos.

“Numa época de egoísmo e individualismo, isto é uma espécie de grito contra a corrente dos professores e alunos participantes”, sublinhou João Paulo Janicas.

Segundo este responsável, nota-se, no setor público em Coimbra, uma crescente dificuldade das escolas e dos professores “em manter estas atividades, mais pressionadas por aspetos mais utilitários e classificativos”.

Ao todo, na mostra, vão ser exibidos 18 espetáculos que têm uma duração mínima de meia hora e máxima de uma hora, participando alunos do 2.º ciclo até ao secundário, referiu, acrescentando que tanto há criações próprias dos alunos com professores, como a interpretação de obras dramáticas ou adaptação de outras obras presentes no Plano Nacional de Leitura.

A mostra é uma organização da Escola Quinta das Flores, Ágora – Centro de Formação de Associação de Escolas, Escola Secundária Avelar Brotero e Centro de Formação de Associação de Escolas Minerva.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com