Conecte-se connosco

Coimbra

Mosteiro de Santa Clara-a-Nova não “revive” nos próximos tempos!

Publicado

em

“Portugal não se pode dar ao luxo de desbaratar um dos seus recursos, como o património histórico, tendo a obrigação de o manter», afirmou em Coimbra, a 28 de setembro de 2016, o então Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral”.

Estas declarações foram feitas aos jornalistas após uma visita ao  Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, “que, segundo o governante seria concessionado a privados, no âmbito do lançamento do Programa Revive”.

O Mosteiro de Santa Clara-a-Nova será convertido num hotel, garantiu  então o governante.

O Ministro salientou que é “necessário, não só que os turistas possam desfrutar deste património, mas também os portugueses», referiu o Ministro, lembrando que, o Convento de Santa Clara-a-Novaestá fechado e não pode ser visitado”

3 anos após esta promessa, o Governo de Portugal ainda não lançou o concurso para concessionar o degradado e abandonado espaço.

Na segunda-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Coimbra anunciou que tem havido a manifestação de interesse de vários operadores hoteleiros em concorrerem e a transformar aquele edificado num hotel de qualidade. Para isso tem de ser lançado o concurso, acrescentou.

Mas se há tantos interessados, porque é o Governo não abre o concurso, questionou Notícias de Coimbra? Manuel Machado respondeu: Porque é preciso ao levantamento, há peças procedimentais que são indispensáveis, esperamos que em meados de setembro, o mais tardar, esse levamento esteja feito.

Falando aos jornalistas após a reunião do executivo, Manuel Machado frisou que a Câmara tem um acordo com Governo para instalar Bienal AnoZero numa área do Mosteiro, pelo que o eventual futuro concessionário será confrontado com esta ocupação.

Na página do Revive pode ler-se que a área a afetar a uso turístico é a totalidade do imóvel, com exceção da Igreja e do Museu.

A Confraria da Rainha Santa Isabel diz ser proprietária do adro  que permite a entrada no Mosteiro, mas Manuel Machado afirmou que esse problema está resolvido e afiançou que o terreno é de domínio público.

A Confraria não é da mesma opinião e tem dado provas de não querer abdicar desta fonte de rendimento.

Hoje, na sequência destas declarações do edil de Coimbra, o CDS-PP perguntou ao Ministério da Economia: A ser verdade a «manifestação de interesse de vários operadores hoteleiros» revelada em declarações à comunicação social pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, qual o motivo para que a concessão não tenha ainda sido concretizada?

O CDS-PP  também deseja saber “o que falta para que o concurso seja lançado” e quando é que o processo de concessão do Convento de Santa Clara-a-Nova estará concluído. 

O REVIVE é um programa conjunto dos ministérios da Economia, da Cultura e das Finanças, em colaboração com as autarquias abrangidas, que prevê ceder imóveis públicos a privados para serem recuperados e usados para atividades económicas.

No âmbito do REVIVE, foram lançados, até ao momento, um total de 18 concursos no país, anunciou hoje o Governo.

A informação surgiu no dia em que o gabinete do ministro Adjunto e da Economia revelou que a recuperação e transformação do Convento do Carmo, em Moura (Beja), num hotel de quatro estrelas foi adjudicada à gestora do hotel Convento do Espinheiro, de Évora, num investimento de seis milhões de euros, foi hoje revelado.

Segundo o ministério, atualmente, estão abertos os concursos para a concessão do Mosteiro de Lorvão, em Penacova, do Castelo de Vila Nova de Cerveira e do Forte da Ínsua, em Caminha.

Os “próximos concursos” a lançar vão abarcar o Mosteiro de Travanca (Amarante), o Santuário do Cabo Espichel (Sesimbra) e o Forte da Barra de Aveiro (Ílhavo), acrescentou hoje o Governo, que assim volta a não dar novidades sobre o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova.

Ontem, Notícias de Coimbra questionou o Turismo de Portugal, mas esta entidade ainda não respondeu às nossas perguntas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com