Crimes

Morre vítima de violência doméstica. Mulher já tinha apresentado queixa mas perdoou companheiro

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 18-01-2023

Uma mulher foi encontrada morta e embrulhada numa manta, em fevereiro de 2022. A vítima já tinha apresentado queixa por violência doméstica, mas conseguiu desculpar o companheiro que é agora o principal suspeito da morte. 

PUBLICIDADE

Na terça-feira, 17 de janeiro, no Tribunal de Penafiel, “foram ouvidas as declarações que Sandra Rocha deixou para memória futura e nas quais relata os episódios de violência, ao mesmo tempo que tenta desculpar o homem”, avança o Correio da Manhã.

“Ele bateu-me dessa vez. É verdade que me deu murros, bofetadas e pontapés. Ele é um homem carinhoso, não sei o que aconteceu naquele dia. Eu saí de casa, mas não queria apresentar queixa. Eles [amigos que ajudaram] é que me levaram para fazer a queixa”, descreve a mulher.

PUBLICIDADE

publicidade

Os casos de violência eram conhecidos pelos familiares e vizinhos.

O homem, de 40 anos, negou sempre ter sido o autor do homicídio.

PUBLICIDADE

O suspeito disse que Sandra morreu durante o sexo, mas admitiu ter abandonado o corpo numa zona de mato.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE