Conecte-se connosco

Coimbra

Montemor-o-Velho quer valorizar mais o Arroz Carolino do Baixo Mondego

Publicado

em

“O Município continua, com muito empenho, a fazer a defesa dos seus produtos endógenos. No Festival do Arroz e da Lampreia, que se realiza de 17 a 26 de Março, vão decorrer várias iniciativas de promoção do Arroz Carolino do Baixo Mondego”, avançou o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, na abertura do XI Seminário da Cooperativa Agrícola do Concelho de Montemor-o-Velho (CACMV), no dia 2 de março, na Quinta do Taipal, em Montemor-o-Velho.

Com o objetivo de ir mais além, o autarca montemorense concretizou: “Estamos a desenvolver um estudo pioneiro no domínio das alterações climáticas e que visa, por exemplo, a criação de um manual de boas práticas que possa auxiliar os agricultores”.

unnamed (3)

Na sessão de abertura, o presidente da CACMV, José Armindo, referiu: “Até 2020, os agricultores podem perder até 30% o valor das ajudas comunitárias e, por isso, temos que fazer mais e melhor. É importante reduzir custos, fazer uma boa gestão da água e melhorar as técnicas de produção”.

 
Ao lembrar a qualidade do produto produzido, o dirigente defendeu: “O nosso arroz tem que ser rotulado com a indicação da origem e com o ano de produção”.

 
Sob o mote “Planificação da Campanha de 2017 – candidaturas às ajudas”, a iniciativa reuniu, ao longo do dia, mais de 250 participantes.

 
O efeito dos bioestimulantes no incremento da produção, a gestão do azoto na cultura do milho, a influência da profundidade dos sulcos no rendimento do milho ou e as medidas agroambientais foram alguns dos temas que estiveram em análise.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com