Conecte-se connosco

Região

Montemor-o-Velho: Convento dos Anjos renasce e ganha novas funcionalidades

Publicado

em

Montemor-o-Velho prepara-se para ganhar um espaço museológico moderno num espaço carregado de beleza e história. A Câmara Municipal está a dar uma nova vida ao Convento de Nossa Senhora dos Anjos, proporcionando a sua recuperação e valorização patrimonial.

A parte mais visível da intervenção pode ser vista no exterior e contempla todo um novo arranjo urbanístico. O redesenho da circulação viária, com a criação de uma nova rotunda e construção de passeios, pretende conferir maior segurança rodoviária à via que faz a ligação ao centro da vila de Montemor-o-Velho.

Esta requalificação vai transformar a envolvente do Convento dos Anjos numa ampla praça de receção, com um espaço ajardinado, equipado com mobiliário urbano, articulação pedonal entre o centro histórico e as zonas mais recentes da vila de Montemor-o-Velho, e a criação de bandas de estacionamento.

A par destas alterações mais visíveis e que já estão a mostrar toda beleza do conjunto arquitetónico do Convento de Nossa Senhora dos Anjos, é no seu interior que estão a ser preparadas as maiores surpresas.


A conservação e restauro vão permitir não só a adequação do edifício às exigências atuais, nomeadamente ao nível da segurança contra incêndio, telecomunicações, aquecimento ou iluminação decorativa e expositiva, mas também ao nível das condições de acessibilidade e mobilidade, fazendo com que o espaço esteja preparado para receber todas as pessoas.

A revitalização do Monumento Nacional vai criar um espaço de excelência para fruição cultural e novas dinâmicas sociais. No piso térreo, as salas “De Profundis”, antigo espaço de orações antes das refeições e da lavagem das mãos, e do “Capítulo”, utilizada como cozinha e refeitório, vão ter uma nova funcionalidade, dando um particular destaque à promoção cultural e patrimonial, podendo acolher momentos musicais, de debate e partilha. Também os claustros e o jardim vão ser alvo de arranjo, que contempla a reativação da antiga fonte.

 

O espaço expositivo central do convento, que vai acolher as coleções do Município, vai ficar localizado no 1º andar do edifício, com aproveitamento do claustro superior, livraria e antiga zona dos dormitórios. Neste piso será ainda criado um espaço de reserva museológica e sanitários.

Promovidas pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, as intervenções no exterior e no interior do convento representam um investimento global próximo de 1,3 milhões de euros, sendo as duas ações apoiadas pelo Programa Operacional Centro 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito do eixo prioritário “Afirmar a Sustentabilidade dos Territórios” (CONSERVAR).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link