Coimbra

Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da Coesão Territorial visitam ESTGOH do Politécnico de Coimbra

Notícias de Coimbra | 4 anos atrás em 10-12-2020

Sexta-feira, dia 11 de dezembro, pelas 14:30, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, visitam a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Coimbra (ESTGOH-IPC).

PUBLICIDADE

Jorge Conde, Presidente do IPC

Os responsáveis irão contactar com estudantes, docentes e investigadores desta escola do IPC, numa visita que contará também com a presença do presidente do Instituto Politécnico de Coimbra, Jorge Conde, e do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino.

Após a visita à ESTGOH, a comitiva seguirá às 15h30 para a BLC3 – Campus de Tecnologia e Inovação, associação parceira do IPC.

PUBLICIDADE

A ESTGOH-IPC nasceu em 1999, fruto de um conjunto de vontades de criar um polo do Politécnico de Coimbra na zona da Beira Serra, com o intuito de descentralizar o ensino superior e tornar-se numa força dinamizadora de desenvolvimento regional. Ao longo de um percurso de 20 anos, a ESTGOH tem pautado a sua missão pela constante adaptação da oferta educativa às necessidades e expectativas dos seus alunos, da região e do país e numa forte ligação às empresas e ao território, garantindo uma elevada taxa de empregabilidade na conclusão dos cursos.

A escola funciona desde o início em instalações provisórias cedidas pelo Município de Oliveira do Hospital e conta atualmente com 605 estudantes a frequentar Licenciaturas, Mestrados e CTeSP. Nos últimos anos a ESTGOH registou um acentuado aumento do número de estudantes, designadamente 66% nos últimos três anos, tendo esgotado a sua capacidade de crescimento nas atuais instalações.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Para o presidente do Politécnico de Coimbra, esta visita reveste-se de enorme importância “uma vez que a ESTGOH é uma das grandes apostas desta Presidência do IPC que tudo tem feito para ajudar a mesma a crescer e atingir um patamar de sustentabilidade”.

Jorge Conde explica que o aumento de 66% de alunos registado nos últimos três anos não corresponde a um aumento direto da despesa, mas a um “melhor aproveitamento” dos recursos. “Ao Politécnico de Coimbra interessa uma ESTGOH forte e, em termos financeiros, esse objetivo é possível a partir de 1000 alunos”, explica o responsável, adiantando que este patamar “só é possível com novas e melhoradas instalações, mais amplas e funcionais”. “É preciso que a Região concretize em ações a importância que já reconhece à ESTGOH”, conclui.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE