Crimes

Militar da Marinha vendia droga a outros militares em tratamento de toxicodependências

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 anos atrás em 04-04-2022

O Ministério Público (MP) apresentou a primeiro interrogatório judicial um militar da Marinha por fortes indícios de se dedicar à compra de droga e posterior venda a terceiros, entre os quais militares toxicodependentes em tratamento.

PUBLICIDADE

Segundo informação divulgada no ‘site’ da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, os militares a quem o arguido venderia os estupefacientes estavam em tratamento na Unidade de Tratamento Intensivo de Toxicodependências e Alcoolismo do Hospital das Forças Armadas.

“Aquando da realização das buscas domiciliárias à residência do arguido, foram apreendidas mais de 250 gramas de cocaína e haxixe”, lê-se na nota.

PUBLICIDADE

Após o interrogatório judicial, foram aplicadas ao arguido as medidas de coação de obrigação de apresentações periódicas diárias, proibição de contactos com e de permanecer/frequentar locais conotados com o tráfico e o consumo de droga.

Na nota é também indicado que a investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da secção de Almada do Departamento de Investigação e Ação Penal da comarca de Lisboa, coadjuvado pela Polícia Judiciária Militar.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE