Primeira Página

Mil Pássaros vão “voar” e dar cor ao Convento São Francisco em Coimbra

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 11-06-2024

Parte do resultado do projeto Mil Pássaros, realizado pela Companhia de Música Teatral (CMT), em parceria com a Câmara Municipal (CM) de Coimbra e com o Convento São Francisco (CSF), vai ser conhecido no dia 14 de junho, com a apresentação de uma instalação no CSF que reúne os pássaros coloridos (orizuros) concebidos pelas 48 turmas de 31 jardins de infância da rede pública concelhia que participaram no projeto.

PUBLICIDADE

O projeto Mil Pássaros Coimbra tem sido desenvolvido nos jardins de infância do concelho com o objetivo de promover o bem-estar e incentivar a qualidade das práticas artístico-educativas junto da comunidade pré-escolar. O projeto envolveu 48 turmas de 31 jardins de infância de um total dos 34 que integram a rede pública concelhia, 48 educadores dos jardins de infância, além de 127 assistentes operacionais e familiares das mais de 1.000 crianças, dos três aos seis anos de idade, beneficiadas por esta ação.

Parte do resultado do Mil Pássaros vai ser, agora, conhecido no dia 14 de junho, com a inauguração de uma instalação no CSF que reúne alguns dos pássaros coloridos concebidos nos jardins de infância que participaram na ação. Na mesma data, será realizada, ainda, a Conferência dos Pássaros – Performance e Encontro de Reflexão Final sobre o projeto Mil Pássaros em Coimbra, cujo ensaio decorreu esta tarde.

PUBLICIDADE

A vereadora da Educação da CM de Coimbra, Ana Cortez Vaz, salienta a importância deste projeto, sobretudo por “levar a Cultura a todos os alunos, independentemente do local onde moram” e agradeceu à CMT a coprodução com a Câmara Municipal

A instalação Mil Pássaros vai reunir, assim, mais de 1000 pássaros de todas as cores e feitios, conhecidos como orizuros, entre 14 de junho e 1 de setembro no CSF.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A partir de 14 de junho a instalação vai crescer, atingindo o seu ponto máximo no dia 18 de julho, integrando também o programa Dar a Ouvir, que decorre até 1 de setembro. A exposição artístico-musical, criada pela CMT, que resulta de um processo de partilha das crianças com os seus pais e educadoras, uma vez que todos juntos construíram os orizuros que, segundo a tradição da arte japonesa, são um símbolo de paz e felicidade. A instalação vai continuar a crescer e, a partir de 18 de julho, expande-se e ganha novos contornos, integrando o evento Dar a Ouvir – Paisagens Sonoras da Cidade. Nessa altura, novos orizuros serão acrescentados à instalação.

Recorda-se que o projeto Mil Pássaros proporciona experiências musicais e artísticas, coloca em diálogo as crianças, as suas famílias e educadoras, e promove, assim, a construção de bases educativas para resultados a longo prazo, levantando questões que urge abordar desde a primeira infância. 

O projeto intitula-se Mil Pássaros porque se inspira numa lenda japonesa, segundo a qual um desejo se torna realidade quando se consegue construir mil pássaros – seguindo a técnica de origami, apelidados de orizuros – enquanto se pensa nesse desejo. Orizuro é um pássaro construído em papel seguindo a referida técnica de origami, que se tornou um símbolo de desejo de paz e da necessidade de espírito de união na construção de um mundo harmonioso depois do bombardeamento de Hiroshima.

A CMT colabora com as principais instituições culturais de Portugal, tem contado com o apoio regular da DGArtes. É membro da RESEO (European Network for Opera and Dance Education) e tem apresentado os seus trabalhos em Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Áustria, Alemanha, Bélgica, Finlândia, Dinamarca, Polónia, Grécia, Chipre, República Checa, Lituânia, Brasil, Estados Unidos da América, Canadá, África do Sul, Macau, China, Hong-Kong e Tailândia. 

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE