Conecte-se connosco

Coimbra

Mercado de Trocas em Coimbra faz dez anos a promover a partilha entre crianças

Publicado

em

O Mercado de Trocas para Crianças e Jovens em Coimbra, dinamizado pela Casa da Esquina, assinala no sábado dez anos de uma “experiência comunitária” que tem conseguido cativar novos participantes.

O Mercado, que arrancou no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra mas que depois foi sendo realizado em outros locais da cidade, assinala no sábado dez anos de existência, com mais um evento, entre as 10:00 e as 13:00, desta feita no espaço exterior da Igreja de São José, afirmou a Casa da Esquina.

“Sentimos que os miúdos que começaram por participar neste mercado deixaram de ser miúdos, mas alguns são frequentadores de outros mercados que temos, como a Feira do Livro Dado”, disse à agência Lusa a dirigente da Casa da Esquina Filipa Alves.

O mercado, vocacionado para a troca de brinquedos em que participam crianças dos 3 aos 12 ou 13 anos de idade, tem “alguns participantes mais habituais”, mas consegue “sempre ter 20 a 30 miúdos novos por mercado”, salientou.

“Sentimos também que houve uma troca de públicos para outros mercados e para outras iniciativas”, notou.

Segundo Filipa Alves, a iniciativa procura ser uma espécie de “contra-corrente” de uma sociedade consumista, apontando para uma alternativa, que não fomenta apenas a partilha e a economia solidária, mas também a sustentabilidade.

“Quando começámos, não se falava tanto de sustentabilidade, mas a reutilização de brinquedos é muito importante, até porque muitos são usados dez minutos ou um dia por uma criança que depois farta-se deles”, disse, recordando uma frase que usavam na altura: “Para brincadeira boa, não é preciso brinquedo novo”.

De acordo com Filipa Alves, as crianças facilmente compreendem o processo de troca e não têm qualquer problema com o facto de o brinquedo ser velho ou não.

No sábado, para além das trocas, haverá também uma participação especial de Catrapum Catrapeia, com um momento musical às 11:00.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link