Conecte-se connosco

Coimbra

Melhores alunos de Anadia receberam Prémio Rodrigues Lapa

Publicado

em

Os melhores alunos das escolas do concelho de Anadia, no ano letivo 2014-2015, viram o seu sucesso académico distinguido com o Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa, um galardão atribuído pela Câmara Municipal de Anadia em cerimónia realizada no Cineteatro Anadia, no passado dia 16 de dezembro, pelas 16:30.

[flagallery gid=188 name=Gallery]

O Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa foi criado em 1996, pela Comissão das Comemorações do Centenário do Nascimento do Professor Doutor Manuel Rodrigues Lapa, com o duplo objetivo de homenagear o filólogo anadiense e de distinguir os alunos, das escolas de Anadia, com melhor aproveitamento escolar no final dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, sendo entregues, em cada caso, um primeiro prémio e duas menções honrosas.

Assim, na Escola Básica N.º 2 de Vilarinho do Bairro, o prémio para o 2º ciclo foi entregue a Joana Cardoso Cruz e as menções honrosas a Marta Sofia Mota e a Catarina Almeida Marques, enquanto o prémio para o 3º ciclo recaiu em Beatriz Oliveira Santos, secundada por Beatriz Ferreira Cruz e por Beatriz Almeida Boiça.

Nos Salesianos de Mogofores, Inês Marques Cerca venceu no 2º ciclo, destacando-se igualmente Constança Martins Rocha e Luísa Verdade Loureiro; no 3º ciclo, o prémio foi para Maria Inês Seabra Rocha, cabendo as menções honrosas a Beatriz Almeida Quintas e a Miguel Alexandre Melo Fernandes.

Já na Escola Básica e Secundária de Anadia, foi Maria Matos Coelho a vencedora no 2º ciclo, seguida de Filipa Almeida Castelão e de Constança Matos Coelho; no 3º ciclo, o prémio foi para Joana Melo Castanheira e as menções honrosas para Beatriz Agante Almeida e Juliana Melo Castanheira; no ensino secundário, venceu Joana Pereira Moniz, sendo as menções honrosas entregues a Liliana Ferreira Rodrigues Silva e a Inês Peres Santos.

Por fim, no Colégio Nossa Senhora da Assunção, o prémio do 2º ciclo foi recebido por Rita Figueiredo Torres Queiroz Fernandes, e as menções honrosas por José Francisco Reis Pedreiras Neves Veiga e por Inês Ferreira Gomes Carmo; no 3º ciclo venceu Mariana Vilar Portela Seabra, seguida por Joana da Silva Rosa Leiria e por Matilde Cardoso Tavares, e, no ensino secundário, o galardão foi para Maria Daniela Dias Dinis, sendo também distinguidos Pedro Miguel Rodrigues Veiga e Ana Sofia Coimbra Semedo.

Com o objetivo de assinalar o 20º aniversário do Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa, a Câmara Municipal de Anadia convidou Nuno Rosmaninho, docente e investigador da Universidade de Aveiro, e ligado à génese do próprio prémio, a dirigir-se aos alunos.

Numa alocução que intitulou “Elogio da Inteligência”, Nuno Rosmaninho falou sobre a importância da inteligência, o mérito do trabalho e o valor do caráter, recorrendo à personalidade, ao pensamento e à conduta do próprio Rodrigues Lapa para ilustrar muitas das suas palavras. Terminaria, aliás, afirmando: “sem desdouro para a vossa inteligência e para a vossa extraordinária capacidade de trabalho, o que mais desejo é que, sobre isso, construam uma firmeza de ânimo que vos permita ser, como Manuel Rodrigues Lapa, conhecidos pelo que fizeram e, mais ainda, respeitados pelo que forem capazes de ser”.

Depois das intervenções dos diretores dos estabelecimentos de ensino, foi a vez da Presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Belém Cardoso, se dirigir aos presentes, começando por aludir ao 20º aniversário do Prémio Escolar e recordando as circunstâncias da sua criação, em 1996.

Na ocasião, felicitou alunos, encarregados de educação, professores e restante comunidade educativa: “A todos estamos, pois, gratos pelo esforço e investimento que fizeram e continuam a fazer tendo em vista não só os bons resultados escolares, mas também a aquisição e o desenvolvimento de competências e de saberes, e dos quais gostaríamos que resultasse mais-valia para o concelho e para o país. É neles que reside muita da nossa esperança num futuro melhor para todos. Julgamos que Rodrigues Lapa estaria de acordo com esta nossa perspetiva. Era um homem rigoroso, persistente e empenhado nas suas causas, que se preocupava com o futuro da sociedade e que atribuía à educação e ao ensino um valor quase sagrado. Ao editar o seu trabalho, partilhou com o mundo o seu saber; ao legar a Anadia a sua biblioteca, partilhou com os seus conterrâneos, e não só, muitas das fontes desse saber e do seu deleite intelectual. Soube, pois, partilhar o conhecimento”.

A sessão contou ainda com a entrega do “Prémio Lions Clube Bairrada / Prof. Doutor Rodrigues Lapa”, instituído pelo clube bairradino para galardoar os alunos dos estabelecimentos de ensino secundário de Anadia e de Oliveira de Bairro que, no 12.º ano, se destacaram no domínio da Língua Portuguesa. A cerimónia terminaria com música portuguesa interpretada por Luís Fernandes, músico que integra a “d’Orfeu, Associação Cultural”, de Águeda.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link