Conecte-se connosco

Saúde

Médicos do Centro enaltecem papel dos dadores de sangue

Publicado

em

 A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) assinala o Dia Nacional do Dador de Sangue (27 de março) e reconhece a generosidade inestimável que o gesto significa.

“Nestes dois anos de pandemia os dadores de sangue tiveram um papel ainda mais valioso. Apesar do contexto em que vivíamos, as dádivas aumentaram em 2021 relativamente ao ano anterior . Salvar vidas com dádiva de sangue é um ato heroico de solidariedade e de altruísmo”, destaca Carlos Cortes, presidente da SRCOM.

De referir que, em 2021, nos três Centros do IPST, as dádivas de sangue aumentaram 7,8% relativamente a 2020 e 1,7% em relação a 2019, quando ainda não se tinha instalado a situação pandémica por COVID-19, revelando assim a generosidade dos dadores de sangue, mesmo em contexto pandémico.

A SRCOM presta assim homenagem pública aos dadores de sangue que, de forma anónima e voluntária, ajudam a salvar vidas.

A reserva de sangue que ajuda milhares de pessoas a ganhar um novo ciclo de vida é uma missão constante que não deve ser descurada, refletindo-se em muitas situações, nomeadamente em casos extremos de emergência médica que permitem salvar milhares de vidas.

Neste dia, a SRCOM reconhece, também, o papel central do Instituto Português do Sangue e Transplantação, bem como de todos os seus profissionais, nomeadamente dos médicos especialistas em Imunohemoterapia e de todos os outros médicos que têm participado nesta missão.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade