Conecte-se connosco

Região

Mealhada: Freguesia de Barcouço forma executivo quase quatro meses depois das eleições

Publicado

em

A Junta de Freguesia de Barcouço, no concelho da Mealhada, demorou quase quatro meses para conseguir formar executivo, estando agendada para hoje a primeira reunião do mandato 2021-2025, disse à Lusa o seu presidente.

“Temos executivo deste ontem [quarta-feira] e hoje teremos a nossa primeira reunião. Foi difícil, mas para tudo há uma solução”, revelou o presidente da Junta de Freguesia de Barcouço, João Duarte, eleito pelo Partido Socialista.

Para além de João Duarte, fazem parte do executivo da Junta de Freguesia de Barcouço Rosa Batista (PS), que assume as funções de tesoureira, e José Trancho (Coligação Juntos pelo Concelho da Mealhada), com as funções de secretário.

O socialista João Duarte foi eleito presidente da Junta de Barcouço nas eleições autárquicas de 26 de setembro de 2021, contando com 43,54 por cento dos votos, o que lhe permitiu assegurar um terceiro mandato.

O Movimento Independente Mais e Melhor (MIMM) e a coligação Juntos pelo Concelho da Mealhada (PSD, CDS-PP, IL, MPT e PPM) foram as restantes forças políticas que reuniram mais votos, com 27,68% e 19,90% respetivamente.

Na hora de formar executivo, aquelas duas forças políticas quiseram ficar representadas, não chegando a acordo ao longo de mais de três meses para que se constituísse o executivo da Junta de Freguesia de Barcouço.

Para evitar que o “impasse durasse eternamente”, o presidente da Câmara da Mealhada (distrito de Aveiro), António Jorge Franco, contou, no início do mês, que o Movimento Independente Mais e Melhor abdicou de colocar um dos seus eleitos, recebendo a garantia de que no executivo da Junta de Freguesia de Barcouço figurasse pelo menos um eleito de outra força política.

Depois de inicialmente ter proposto para vogais dois nomes da lista do PS, o presidente da Junta de Freguesia de Barcouço acabou por concordar formar executivo com um elemento PS e outro da oposição, neste caso da coligação Juntos pelo Concelho da Mealhada (PSD, CDS-PP, IL, MPT e PPM).

À Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Barcouço disse ainda que agora é tempo de trabalhar no orçamento e plano de atividades.

“Temos três meses para aprovar o orçamento, mas penso que não será necessário tanto tempo. Depois é trabalhar para as nossas ambições, uma das quais retomar o processo de elevação de Barcouço a vila”, referiu.

João Duarte disse ainda que pretendem levar a cabo um estudo para uma circular interna, que permita melhorar a circulação rodoviária e o estacionamento, recuperar algumas fontes, bem como melhorar o pavimento da Feira de Santa Luzia.

“Pretendemos também executar, pelo menos, um parque infantil ao longo deste ano”, concluiu.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link