Mundo

Mata pais adotivos a tiro. O Motivo? Tiraram-lhe o telemóvel

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 21-05-2024

Um jovem de 16 anos matou o pai, a mãe e a irmã dentro de casa, em São Paulo, no Brasil, na sexta-feira, dia 17 de maio. Três dias depois ligou para as autoridades a confessar o crime.

PUBLICIDADE

De acordo com o boletim de ocorrência, o adolescente ligou para a Polícia Militar na noite de domingo, dia 19 de maio, e confessou ter matado os familiares usando a arma de fogo do pai, que era da Guarda Civil Municipal de Jundiaí (SP), avança o G1.

Na delegacia o adolescente afirmou que os pais “o teriam chamado de vagabundo, e tiraram o seu celular”. Como resultado, atirou contra o pai quando ele estava na cozinha e de costas. A irmã ouviu o disparo, foi até o cômodo e foi baleada no rosto.

PUBLICIDADE

Ademais, o adolescente relatou que foi para o ginásio após matar os dois. De volta a casa, esperou pela mãe, que foi assassinada assim que viu os corpos do marido e da filha.

O jovem vai agora ser submetido a uma avaliação psicológica.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE